Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Juiz agredido reclama de punição de atleta: ‘Tinha que ser banido’

_________________Publicidade_________________

O árbitro Rodrigo Crivellaro foi às redes sociais na noite de terça-feira (19) para protestar contra a decisão de suspender o atleta Willian Ribeiro por dois anos. O juiz, que foi agredido pelo jogador durante uma partida da segunda divisão do campeonato gaúcho, sofreu lesões na coluna e está afastado dos gramados enquanto se recupera pelos próximos três meses.

– Eu sou obrigado a vir aqui na internet, porque é uma vergonha apenas dois anos de pena para o atleta que me agrediu, onde eu poderia ter morrido. Morrido no lance que aconteceu. Quem quiser pode me pedir esses vídeos aqui que eu vou mandar e espalhem pelo Brasil, pelo mundo inteiro esse vídeo, porque é uma vergonha – iniciou o árbitro.

Eu também sou pai de família, também não tenho dinheiro como o cara não tem, que foi o que falaram, que foi o que justificaram. Na psicologia não existe raça, não existe gênero, não existe se é preto, se é branco, se é gordo, se é magro, então é uma vergonha essa lei brasileira. Tinha que ser banido do futebol. Porque eu poderia ter perdido minha vida e não poderia estar aqui agora contando isso aqui para vocês, é uma vergonha a lei brasileira – completou Rodrigo Crivellaro.

Via-R7

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas