Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Jovem de 18 anos morre durante a noite de núpcias, em Ibirité, na Região Metropolitana de BH

PM informou que ela mantinha relações sexuais com o marido quando começou a se sentir mal. Samu chegou a socorrer, mas ela não resistiu.

_________________Publicidade_________________

Uma jovem de 18 anos morreu durante a noite de núpcias, em Ibirité, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na noite desta quinta-feira (10).

A Polícia Militar (PM) informou que ela mantinha relações sexuais com o marido quando começou a se sentir mal.

Jovem de 18 anos morre durante a noite de núpcias, em Ibirité, na Região Metropolitana

Jovem de 18 anos morre durante a noite de núpcias, em Ibirité, na Região Metropolitana

O homem pediu ajuda a vizinhos e, em princípio, um transporte por aplicativo foi chamado, mas o motorista se recusou a levá-la para o hospital. Um segundo foi acionado, que orientou chamar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O médico responsável disse que a jovem estava tendo uma parada cardiorrespiratória, foi intubada, mas não resistiu. Não havia indícios de violência.http

Jovem morava no bairro Serra Dourada, em Ibirité, na Grande BH — Foto: Reprodução/TV Globo

Jovem morava no bairro Serra Dourada, em Ibirité, na Grande BH — Foto: Reprodução/TV Globo

Segundo informações, a ambulância demorou mais de uma hora para atender a ocorrência no bairro Serra Dourada.

A Secretaria Municipal de Saúde de Contagem, responsável pelo atendimento em Ibirité, disse que a ocorrência entrou na Central de Regulação do SAMU às 19h32.

Jovem de 18 anos morre durante noite de núpcias em Ibirité

Jovem de 18 anos morre durante noite de núpcias em Ibirité

“Durante a triagem médica, a solicitante cancelou o chamado informando que iriam encaminhar por meios próprios. Às 19h45 ligaram novamente passando mais informações e foi enviada uma Unidade do SAMU que chegou ao local em 21 minutos. Tempo para paramentação devido aos sintomas respiratórios relatados pela solicitante do socorro – falta de ar intensa, histórico de bronquite. O atendimento foi realizado por duas unidades, no entanto, a vítima evoluiu para o óbito”, disse a nota.

O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), em Betim, na Grande BH.

Abalado, o homem disse que não sabe se vai continuar morando no local.

via-G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas