18 de maio de 2022   |   18:15  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Jovem autista lança livro de poesia em Cruzeiro do Sul

"Na quarentena me vi desocupada e me dei a ideia de escrever e querer exprimir”, explica a estudante.

_________________Publicidade_________________

Foto: Delly Pinho

Aos 17 anos, a cruzeirense Íris Moreira abriu uma janela para o infinito de suas possibilidades. Com hiperfoco, uma das características mais comuns do autismo, a estudante descobriu ser autista aos quinze anos de idade.

Além dos deveres escolares, ela usa do espaço no tempo para ler e conhecer mais do universo da poesia. Nesse processo, Íris descobriu o amor pela escrita e passou a se dedicar em escrever para lançar seu primeiro livro em formato e-book e posteriormente em versão impressa.

Íris conta sobre onde encontra inspiração pra escrever. “Desde que eu me entendo por gente, sempre gostei de livros e surgiu a vontade de publicar alguma coisa. Na quarentena me vi desocupada e me dei a ideia de escrever e querer exprimir”, explica a estudante.

Foto: Delly Pinho

Cursando o ensino médio, surgiu na jovem — que divide o tempo entre os trabalhos escolares e os diversos livros que lê nas horas vagas — a vontade de ter a própria obra publicada e o sonho não demorou muito para virar realidade. Em fevereiro, o livro ficou disponível no formato E-book, e posteriormente os exemplares físicos.

“É um livro de poesias, eu não diria que ele tem um assunto específico, a literatura é uma coisa muito subjetiva, porque eu posso ter escrito um assunto e o leitor poderá interpretar outro, com base no que está vivendo”.

Para ela, o escritor de sua inspiração é Rick Riordan, que retrata um livro de fantasia. Íris ressalta que cada um tem a capacidade de fazer e escrever um livro. Que vai de cada interesse e do que tem em mente, pois todos são capazes de contar uma história.

A jovem diz ainda que se orgulha de ser autista e da sua história, pois enfrenta algumas dificuldades no cotidiano assim como qualquer pessoa, mas ainda assim, consegue produzir e chegar nos seus objetivos.

Redação Juruá Online

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS