Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Jornalista pede para Gladson tomar cuidado com a vida e lembra Edmundo Pinto

“Reze mais, inclusive suplicando a Deus luz para os seus inimigos e detratores”, sugeriu.

O jornalista acreano Altino Machado usou o seu perfil no Facebook, nesta terça-feira (6), para dar um alerta ao governador Gladson Cameli.

Para ele, o chefe do executivo precisa ficar atento aos recados dado pela história de líderes políticos do Acre que foram mortos por conta de seus posicionamentos e decisões.

“Querido governador Gladson Cameli, a história do Acre é marcada por assassinatos decorrentes de complôs que se formaram no ambiente político: o libertador do Acre Plácido de Castro, os sindicalistas Wilson Pinheiro e Chico Mendes e o governador Edmundo Pinto”, escreveu.

“Em breve, no dia 17 de maio, serão 29 anos do assassinato do governador Edmundo Pinto, em São Paulo, cujo crime todos sabemos que foi tramado no Acre e jamais foi devidamente elucidado”, continuou.

Na ocasião, Altino sugeriu que Gladson não bata boca com gente “infame” e reforce o seu esquema de segurança.

“Não caia na arapuca de bater boca com gente infame e pérfida. Reze mais, inclusive suplicando a Deus luz para os seus inimigos e detratores. Reforce o aparato de segurança que é custeado pelo povo acreano para mantê-lo vivo”, destacou.

“E siga sem recuar, sem cair, sem temer”, finalizou.

ContilNet

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas