8 de agosto de 2022   |   00:03  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Johnny Depp x Amber Heard: justiça considera ambos responsáveis por difamação

Veredito foi lido na tarde desta quarta-feira (1) em tribunal da Virgínia, nos Estados Unidos e diz que atriz agiu de má fé em editorial de jornal em 2018.

_________________Publicidade_________________

Chegou ao fim na tarde desta quarta-feira (1), o julgamento que envolveu duas estrelas de Hollywood, o ex-casal Johnny Depp e Amber Heard. O júri considerou ambos responsáveis por difamação em seus processos um contra o outro.

Depp processou Heard, sua ex-mulher, por difamação por causa de um editorial de 2018 que ela escreveu para o “The Washington Post”, no qual se descrevia como uma “figura pública que representa o abuso doméstico”. Embora Depp não tenha sido citado no artigo, ele afirma que isso lhe custou papéis lucrativos de atuação. Heard processou seu ex-marido por difamação sobre as declarações que o advogado de Depp fez sobre suas alegações de abuso.

Pesando as alegações, os jurados alegaram que os dois difamaram um ao outro.

O júri concedeu a Depp US$ 10 milhões em danos compensatórios e US$ 5 milhões em danos punitivos. O júri concedeu a Heard US$ 2 milhões em danos compensatórios e nenhum dinheiro para danos punitivos.

Depp pediu US$ 50 milhões em danos e Heard pediu US$ 100 milhões. Os danos punitivos no estado da Virgínia são limitados a US$ 350.000.

Com Informações CNN

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS