Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Jogador brasileiro de basquete de 15 anos é achado morto nos EUA

Artur Bandiera era intercambista e jogava pelo time do colégio Bishop Walsh School. O pai dele, Marcelo, é técnico de basquete

_________________Publicidade_________________

O jogador de basquete Artur Bandiera foi encontrado morto na cidade de Cumberland, nos Estados Unidos, na terça-feira (2). O estudante, de apenas 15 anos, jogava pelo time do colégio Bishop Walsh School, no qual era intercambista, e era formado na base do Regatas Campineiro-SP.

Ele foi encontrado morto na LaSalle House, dormitório de propriedade privada que reúne alunos do Bishop Walsh, segundo o jornal Cumberland Times-News. De acordo com a escola, a polícia local ainda não estabeleceu a causa da morte. Não havia sinais de crime nem de uso de drogas, segundo as autoridades.

“É importante para nós, como comunidade, rezarmos por ele e por sua família pela grande perda que sofreram. Vamos lembrar ainda daqueles que estão aqui na nossa comunidade que eram próximos dele e compartilharam de sua passagem pela escola”, declarou a diretora do colégio, Jennifer Flinn, em mensagem publicada nas redes sociais da entidade.

Também pelas redes, a Confederação Brasileira de Basketball (CBB) lamentou a perda. “A CBB lamenta profundamente a morte do jovem Artur Bandiera, de 15 anos, atleta da base do Regatas Campineiro-SP, nos EUA. Artur é filho do técnico da base do clube, Marcelo Bandiera, um apaixonado pelo basquete como toda a família. Nossos pêsames, pensamentos e orações!”

Via – Notícias R7

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas