Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Joe Biden manifesta apoio a empresas que exigem vacinação de funcionários

_________________Publicidade_________________

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse que está satisfeito em ver os empregadores do setor privado como AT&T, Amtrak e McDonald’s anunciarem exigência de vacinação.

Sobre a obrigatoriedade de vacinas, Biden disse que a prática não é novidade. “Vamos ser claros, as exigências de vacinação existem há décadas”, disse o presidente.

“Os estudantes, profissionais de saúde, nossas tropas normalmente recebem vacinas para prevenir qualquer coisa, desde poliomielite, varíola, sarampo, caxumba e rubéola. Na verdade, a razão pela qual a maioria das pessoas na América não se preocupa com a poliomielite, a varíola, sarampo, caxumba ou rubéola, hoje, é por causa das vacinas”.

Para o presidente, “só faz sentido exigir uma vacina que impeça a disseminação da Covid-19”.

Biden se dirigiu a empregadores. “Minha mensagem é simples. Faça a coisa certa para seus funcionários, consumidores e seus negócios. Vamos lembrar, a ferramenta chave para manter nossa economia forte é vacinar as pessoas e trabalhar”.

Dose de reforço

O presidente Biden apelou diretamente aos americanos vacinados, assegurando-os de que estão bem protegidos, mas também os encorajando a tomar suas vacinas de reforço oito meses após a segunda dose, de acordo com o plano de implantação que seu governo anunciou esta manhã.

“É a melhor maneira de nos proteger de novas variantes que podem chegar”, disse Biden sobre os reforços.

Americanos totalmente vacinados, que receberam uma vacina dupla de mRNA – como as feitas pela Moderna e Pfizer – no início deste ano podem começar a receber doses de reforço em 20 de setembro,  anunciaram hoje autoridades americanas. Cada pessoa deve receber a injeção oito meses após a segunda injeção.

Funcionários americanos que receberam a dose única da Johnson & Johnson provavelmente também precisarão de doses de reforço, mas outros dados sobre o assunto são esperados nas próximas semanas.

Via-CNN

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas