Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

James Blunt faz acordo e consegue 20% da autoria de Coração Cachorro

_________________Publicidade_________________

Após cumprir ameaça e cobrar compositores do hit Coração Cachorro, o cantor James Blunt conseguiu fazer acordo amigável e terá 20% da autoria da canção. A Universal Music Publishing Brasil divulgou nota na qual revela como ficou a nova divisão entre o artista britânico e os seis compositores brasileiros: Daniel dos Versos, Fellipe Panda, PG do Carmo, Riquinho da Rima, Breno Lucena e Felipe Love.

“A obra foi composta por seis autores, dos quais controlamos quatro (66,67%) através da editora Medalha. Os outros dois autores (33,33%) pertencem à editora A3. Os mesmos aceitaram ceder 20% devido à citação da obra do James Blunt (Sony Publishing). Tudo acordado de forma amigável”, informa o comunicado da gravadora.

Com milhões de acessos nas plataformas de streaming, a música chamou a atenção de James BluntReprodução

James Blunt e Matheus Fernandes em vídeo do TikTok

Em outubro, James Blunt descobriu o sucesso Coração CachorroReprodução

James Blunt

Ele dançou o refrão do hit no TikTok e viralizouReprodução

Agora o cantor britânico ganhou parte dos direitos autorais da cançãoReprodução

Com milhões de acessos nas plataformas de streaming, a música chamou a atenção de James BluntReprodução

James Blunt e Matheus Fernandes em vídeo do TikTok

Em outubro, James Blunt descobriu o sucesso Coração CachorroReprodução1

Em outubro, Blunt descobriu o sucesso de Coração Cachorro  e publicou um vídeo que viralizou no Tik Tok. Nas imagens, o cantor internacional aparece divertido, tentando fazer a coreografia. “Amei! Coisa boa! Vocês vêm sempre aqui? Eu sou da Inglaterra. Arrasaram. Vejo vocês no bar”, brincou. Apesar do bom humor, o artista deixou uma alfinetada na legenda do post: “Parabéns pelo número 1, caras! Vou mandar meus dados bancários em breve”, concluiu.

No início de fevereiro, a Sony Editora, representante oficial dos direitos de James Blunt, confirmou ao G1 que o britânico e os brasileiros estavam “acertando termos do contrato”. Além de pedir para assinar parte da autoria, James Blunt também pleiteava uma compensação pelos lucros anteriores da música.

Via-Metrópoles

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas