Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Ipixuna: Corpo de bombeiros encerra buscas por 4 homens desaparecidos junto com embarcação no Rio Juruá

_________________Publicidade_________________

“Continuam desaparecidos. Aqui ninguém tem nenhuma informação” diz Sargento da Polícia Militar

O comandante do 4º Batalhão Especial de Proteção e Combate a Incêndio Florestal (4º BEPCIF), Tenente BM Sanderson, deslocou, na manhã da última segunda-feira (17), uma equipe de mergulhadores para o município de Ipixuna (AM) onde ocorreu o desaparecimento de quatro pessoas.

Grupamento de Mergulhadores, com autorização do Comando Geral, realizou buscas na área do acidente, mas nada foi encontrado

Segundo o comandante o pedido de socorro das famílias chegou ao 4º BEPCIF e imediatamente, com autorização do Comando Geral, foi deslocada uma equipe de mergulhadores para realizar o apoio as autoridades do município amazonense na busca dos desaparecidos.

Os mergulhadores realizaram buscas na área, inclusive com mergulhos, apesar da situação e condições desfavoráveis do rio, que está muito cheio e com muita correnteza, mas mesmo assim foram realizados alguns mergulhos. Infelizmente nada foi encontrado.

Comandante do 4º BEPCIF, Tenente BM Sanderson: “Bombeiros sempre prontos para entrar em ação”

O comandante destacou que a equipe de mergulhadores enviada para Ipixuna, liderada pelo Tenente BM Farias, estava composta por profissionais peritos e especializados, mas o fato do atual momento do rio que está muito cheio e com muitos balseiros dificulta o trabalho.

Tenente BM Farias comandou a guarnição de mergulhadores que atuou na área do desaparecimento

O Tenente BM Farias comandou a equipe de mergulhadores do 4º BEPCIF na missão ao município de Ipixuna para atender a ocorrência do desaparecimento de quatro pessoas que saíram de Guajará (AM) para Ipixuna (AM) e não chegaram ao destino.

“A informação é que as pessoas desapareceram perto do município de Ipixuna local onde a equipe centralizou as buscas e mesmo com as condições desfavoráveis do rio, que está cheio e com muita correnteza, conseguimos realizar alguns mergulhos”, informou.

Segundo o bombeiro da equipe de mergulhadores as buscas foram suspensas sem identificar ou localizar os desaparecidos e o maior problema encontrado foram as poucas informações que foram disponibilizadas o que dificultou muito o trabalho.

“Não encontramos nenhum vestígio nem da embarcação, nem das vítimas e nenhuma outra evidência do acidente. No outro dia do acidente algumas pessoas encontraram um tanque de voadeira e também um galão de gasolina, mas tudo que foi encontrado foi isso”, ressaltou.

Marinha do Brasil prestou apoio nas buscas

A Polícia Militar do Amazonas foi consultada, através do celular de um sargento, mas ele informou que as pessoas continuam desaparecidas e no município ainda não se tem nenhuma informação do sinistro.

Via: Voz do Norte

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas