Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Investigado na Operação Fake Boi, fiscal da Sefaz é considerado foragido da Justiça

_________________Publicidade_________________

O fiscal de tributos da Secretaria da Fazenda do Acre, Sebastião Dantas, é considerado foragido da Justiça após ter sido procurado nos endereços onde reside e não ser encontrado por agentes da Polícia Civil do Acre.

Sebastião é acusado de integrar um esquema de facilitação de transporte de gado do Acre para os estados do Amazonas, Rondônia e Góias sem a Guia de Transporte Animal (GTA). O prejuízo devido a sonegação fiscal é estimado em mais de R$ 6 milhões de reais.

O mandado de prisão foi expedido no âmbito da Operação Fake Boi, deflagrada na terça-feira (18), que investiga lavagem de dinheiro, organização criminosa, corrupção, peculato e crimes contra a ordem tributária. Por meio de uma parceria entre as polícias civis dos Estados do Acre, Rondônia e Goiás foram presos três servidores públicos do Acre, além de um grupo familiar formado por pai, mãe e filho que comercializava gado de forma ilícita via “arrendamento fictícieis para movimentar gado”, segundo o delegado Pedro Rezende, da Delegacia de Combate à Corrupção.

Três veículos e 950 animais foram aprendidos e R$ 2, 966 milhões em contas bancárias dos envolvidos foram bloqueados pela Justiça.

O delegado Pedro Rezende afirmou que a ação policial nesta fase “atingiu o núcleo financeiro e patrimonial da organização criminosa que atuava no Acre, em Rondônia, no Amazonas e em Goiás”.

Via: Notícias da Hora

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas