Juruá Online

Variedades

Mulher que matou girafa e exibiu coração é criticada por ONG: 'sociopata'

Uma fazendeira de 32 anos conhecida como Merelize Van der Merwe chocou as redes sociais ao posar com um coração de girafa nas mãos. O motivo? Presente de " Dia dos Namorados ". Seu marido pagou R$11,5 mil para que ela pudesse ter a experiência de abater o animal de 17 anos de idade.

Na legenda, Merelize diz: "Já imaginaram o quão grande é o coração de uma girafa? Estou encantada com meu grande presente de Valentine’s Day". Os comentários explodiram com respostas a chamando de " cruel ". Em resposta, a moradora da África do Sul se defendeu dizendo que "matar animais em extinção ajuda no combate ao desaparecimento das espécies".

Quando uma ONG a classificou como " sociopata ", a empresária declarou que as organizações são uma " máfia a qual não nutre nenhum respeito". Segundo Merelize, matar animais dá a chance de "novas espécimes" surgirem e ocuparem o espaço do anterior..

A mulher disse que pratica a caça esportiva desde os 5 anos de idade, incentivada pelos pais, e já abateu mais de 500 animais ao longo de sua vida. “Se caçar se tornar ilegal, os animais se tornarão inúteis e vão desaparecer." Finalizou Merelize.

 

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA