setembro_amarelo_tv_jurua.png

Variedades

Traficante com cidadania americana é preso no Rio de Janeiro

"Gringo", brasileiro de Niterói que morava na Flórida, nos Estados Unidos, foi preso, nesta segunda-feira (14), junto com outros dois suspeitos de terem participado da invasão ao Complexo do São Carlos, no Rio de Janeiro, no final de agosto. Ele e os comparsas estavam em uma lanchonete de Copacabana planejando roubos na região quando foram detidos.

 

Segundo o delegado da 14° DP, Antenor Lopes Martins Júnior, junto com Gringo, foram presos Davi Felippe de Britto Gonçalves, conhecido como "Paquetá" e um adolescente de 17 anos. Todos são suspeitos de participar da maior facção criminosa do Rio. Em depoimento, Gringo afirmou que se encontrou com Paquetá para realizar a venda de drogas que trouxe dos Estados Unidos.

 

Paquetá é um dos suspeitos de participar da tentativa de invasão ao Complexo de São Carlos, que tinha como objetivo a retomada do Morro da Mineira. Ao menos 80 bandidos participaram da ação que provocou uma noite de terror nos bairros de Estácio e Rio Comprido e vitimou uma pessoa.

 

No celular apreendido junto com os suspeitos, fotos e vídeos dão detalhes da vida criminosa de Gringo e Paquetá, que aparecem segurando fuzis. Em um vídeo, Paquetá mostra a vista do alto da comunidade e diz "aqui é terra dos alemão (sic).", em referência à facção.

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA

Image
Image
Image

PUBLICIDADE

Image