logo_oficial.png

Cotidiano

Mais de 15 mil jovens e adultos devem fazer o Encceja no Acre neste domingo (25)

Quatro cidades do Acre vão aplicar o Exame Nacional de Certificação de Competência de Jovens e Adultos (Encceja) neste domingo (24) para 15.354 inscritos. As provas ocorrem nas cidades de Rio Branco, Brasileia, Cruzeiro do Sul e Feijó. Os dados são do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Comparado ao ano passado, quando foram 9.461 inscritos, o número aumentou em 62%.

Na capital, o exame ocorre em 32 escolas. Pela manhã, os portões abrem às 6h [horário do Acre] e fecham às 6h45 [horário do Acre], com início das provas às 7h e término às 11h.

À tarde, os portões abrem às 12h30 e fecham às 13h15, com início das provas às 13h30 e término às 18h30. O local está indicado no cartão do candidato.

O exame dá oportunidade para quem não se formou na “idade ideal” na época que deveria estar na escola. A certificação, que antigamente era chamada de “exame de massa”, comprova a capacidade escolar do estudante e possibilita que ele avance para uma formação em nível superior ou técnico, ou mesmo para prestar concursos.

Este ano, as provas serão aplicadas em 611 municípios brasileiros, incluindo 19 cidades que irão aplicar o exame pela primeira vez. O Inep registrou um recorde de inscrições, com 2.973.375 participantes. Do total de inscritos, 641.576 buscam o certificado do ensino fundamental, e os outros 2.331.799 tentam a certificação do ensino médio.

O que levar?

O participante só pode entrar no local de aplicação com documento original oficial com foto. Cópias, mesmo que autenticadas, não serão aceitas. Valem documentos como:

  • a carteira de identidade (RG);
  • a Carteira Nacional de Habilitação (CNH);
  • o passaporte.

Quem não puder levar a identificação porque perdeu, foi furtado ou roubado deve apresentar um boletim de ocorrência, que deve ser expedido por órgão policial há, no máximo, 90 dias anteriores à aplicação do exame.

O participante que apresentar documento original com foto danificado ou ilegível poderá fazer a prova, desde que se submeta à identificação por biometria, informações pessoais e assinatura em formulário apresentado pelo aplicador, detalha o Inep.

Além do documento de identificação, o inscrito precisa levar caneta esferográfica com tinta preta, fabricada em material transparente para poder fazer a prova.

É possível levar alimento para a sala de provas, mas é obrigatório permitir que os fiscais revistem o lanche, informou o Inep. Não pode usar relógio durante a aplicação da prova.

O que acontece se eu faltar no Encceja 2019?

O Inep define que o inscrito que não comparecer para as provas e quiser realizar uma nova inscrição no Encceja 2020 deverá justificar a ausência no sistema de inscrição de 2020.

A justificativa deverá ser feita com documentação que comprove e justifique a ausência no exame. Não será aceita declaração emitida pelo próprio participante, pais e/ou responsáveis.

Caso o participante não justifique a ausência, deverá ressarcir ao Inep um valor, que será divulgado em 2020.

Certificação

A prova do Encceja é realizada todo ano pelo Inep. Para obter a certificação de ensino fundamental é exigido que o candidato tenha completado 15 anos de idade até o dia da prova.

Já quem busca o diploma de certificação do ensino médio, precisa ter, no mínimo, 18 anos completos no dia da prova. Isso significa que uma pessoa com mais de 18 anos pode fazer o Encceja para certificar o ensino médio, mesmo que não tenha a certificação do ensino fundamental.

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA

Image
Image
Image

PUBLICIDADE

Image