logo_oficial.png

Cotidiano

Psicóloga cruzeirense dá dicas e cria lista com atividades para as crianças durante o isolamento social

O período de isolamento social, adotado como medida preventiva para evitar a disseminação do coronavírus (Covid-19), tem provocado inúmeras mudanças na vida de toda população. Para as crianças, antes acostumadas com a rotina de escola, brincadeiras e demais atividades, o momento tem sido um pouco mais difícil para adaptação. Cabe aos pais, avós ou responsáveis ajudar no desenvolvimento de uma nova rotina para os pequenos, com criatividade e inovação no dia-a-dia, tornando o ambiente familiar mais divertido e lúdico, para que eles consigam passar esse período de forma mais tranquila. A neuropsicóloga clínica Nayara Silva Ribeiro criou uma lista com uma série de atividades que podem ser desenvolvidas pelos pais, em casa, neste período.

No vídeo gravado com exclusividade para o site Juruá Online, a profissional deu grandiosas dicas sobre as melhores alternativas para os pais seguirem neste período, que podem continuar sendo empregadas no pós-pandemia. Entre os principais pontos, a psicóloga enfatiza a importância da rotina, da criatividade, aborda temas como fé e espiritualidade, o diálogo e a importância de nunca desistir dos filhos.

Nayara destaca a importância da família neste momento e em todo o desenvolvimento das crianças e adolescentes. Ela enfatiza que a rotina é algo essencial e necessário. Os pais devem estabelecer regras e pontos a serem seguidos e cumpridos no decorrer do dia.  “Os pais precisam criar uma rotina diária com os filhos, apresentando responsabilidades, horários para acordar, comer, dormir, para fazer aquela bagunça toda divertida, e principalmente horário de estarem todos juntos”, relatou.

Ter criatividade é outro fator fundamental. Os pais devem fazer parte dessa rotina das crianças. A profissional enfatiza que eles devem contar suas histórias para os filhos, mostrando onde erraram e onde acertaram, para que sejam exemplo para os pequenos, fazendo com que as crianças pensem e reflitam, tomando assim atitudes assertivas. Brincar juntos e desenhar também são formas de criatividade para estarem mais próximos e possam exercitar o pensamento. “Sei que as crianças podem estar bem agitadas, elas estão dentro de uma caixinha. A rotina que elas tinham, agora não tem mais, e tudo tem que ser adaptado. A mente das crianças é muito mais fácil de adaptar do que a nossa como adultos”, enfatizou.

A fé e a espiritualidade são fatores primordiais para serem trabalhados com os pequenos. De acordo com a neuropsicóloga Nayara Ribeiro, os estudam apontam que as crianças que recebem esses ensinamentos estão menos propensas a cair no alcoolismo e nas drogas.

“A fé e a espiritualidade são essenciais, são princípios e valores fundamentais para vida e para o desenvolvimento educacional, mental e emocional da criança. Tenho certeza que se eles tiverem isso bem enraizado, e firme e forte, eles serão cidadãos de sucesso e vão te dar bastante orgulho”, falou.

A profissional lembra ainda que outro ponto primordial a ser tratado é o diálogo. É essencial que os pais conversem com seus filhos, procurando sempre saber o que eles pensam, sentem e querem. “Mesmo com o isolamento muitos pais ficam em um lugar da casa e os filhos em outro, isso não é saudável. Os pais precisam se achegar nas crianças, e principalmente nos adolescentes que estão em um turbilhão de emoções”, lembrou.

A psicóloga destaca ainda que os pais nunca devem desistir dos filhos, mesmo diante das maiores dificuldades e desafios. “Não desistam dos seus filhos. Se ele não ouve, busca uma estratégia, busquem ajuda, não deixem por isso mesmo. Sempre conversem com eles. Nesse período é muito importante manter a calma, a paciência e a sensibilidade e passar isso para seu filho, passar resiliência. Você é o maior exemplo para seu filho”, finalizou a psicóloga durante as orientações.

A lista feita pela neuropsicóloga Nayara Ribeiro, com todas as atividades que podem ser realizadas pelos pais com os filhos neste período podem ser vistas abaixo:

Ficar com casa em períodos de quarentena e/ou isolamento social é uma ótima opção e uma excelente oportunidade para fazer várias atividades lúdicas, recreativas e ocupacionais que vão estimular as funções cognitivas (memória, percepção, linguagem, atenção, habilidades psicomotoras e raciocínio) de toda família.

DICAS DE LAZER E DIVERSÃO EM FAMÍLIA PARA FAZER EM CASA: 

-Façam barcos de papel, coloque-os em água corrente.

-Faça uma viagem histórica com sua família.

-Façam uma caminhada. Aprendam sobre segurança e certas ocasiões no mato, etc.

-Observem pássaros e preparem-se para uma aula sobre a Criação.

-Aprendam coordenação motora ao fazer brincadeiras no quintal.

-Leiam uma história da Bíblia ou livro de escrituras e pintem uma gravura sobre o tema.

-Façam uma noite do patriotismo em casa. Com pratos da cor do país, cerimônia da bandeira e hinos do país.

-Divirtam-se fazendo poemas.

-Aprendam uma coreografia ou façam um teatro em família.

-Façam uma foto da família como nos tempos antigos.

-Façam um campeonato de algum jogo.

-Aprendam como se exercitar em família.

-Façam uma noite cultural onde as crianças façam uma exposição de arte.

-Escrevam uma história juntos.

-Tente tocar instrumentos musicais.

-Aprendam mágicas e preparem um show em sua casa.

-Ensine bons hábitos de estudos.

-Aprenda algo cultural novo.

-Aprendam o alfabeto na linguagem dos sinais.

-Façam um picnic. Se chover, faça o picnic na sala, debaixo do cobertor, etc.

-Façam uma caça ao tesouro familiar (os enigmas podem ser escrituras, gravuras, fotos do templo, etc.).

-Faça um campeonato de bolas de chiclete.

-Concurso de culinária.

-Façam um campeonato de sucos.

-Festa do pijama em família.

-Jogos de tabuleiro.

-Boliche de papel.

-Acampamento.

-Joguem vassoura – ball (um tipo de hockey sendo os tacos de vassoura e os gols de latas de lixo).

-Brinquem de colocar o rabo no cavalo.

-Organizem uma partida de caça à bandeira.

-Façam palavras cruzadas juntos (quem acertar uma palavra ganha um beijo).

-Cozinhem juntos (um bolo, pão, cookies…).

-Assistam ao pôr-do-sol e depois olhem as estrelas no céu. Falem sobre as belas obras do Criador.

-Vistam-se como um personagem das escrituras e contem sua história.

-Brinquem de charadas.

-Brinquem de “dress-up”, vestindo-se com roupas diferentes e imitando personagens.

-Faça uma noite das profissões.

-Peça que eles preparem mensagens baseadas nos valores morais e éticos. 

Família é base de TUDO! APROVEITEM - SE!
Fiquem com Deus e se protejam! 🙏

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA

Image
Image
Image

PUBLICIDADE

Image