Juruá Online

Biden sugere que Estados Unidos chegarão a 1,5 milhão de vacinados por dia

O presidente Joe Biden disse que espera que os Estados Unidos em breve sejam capazes de vacinar 1,5 milhão de pessoas por dia, elevando o padrão em cerca de 500.000 vacinações a mais do que sua meta de 1 milhão por dia em seus primeiros 100 dias no cargo. Ele disse que os EUA podem superar essa meta inicial em cerca de três semanas.

"Estou bastante confiante de que estaremos em uma posição nas próximas três semanas ou mais para vacinar pessoas na faixa de 1 milhão por dia ou mais", disse ele a repórteres, esclarecendo que se referia a 100 milhões de vacinas, não necessariamente 100 milhões de pessoas, já que algumas das vacinas requerem mais de uma dose.

Biden disse que os principais fatores para aumentar a vacinação são ter vacina suficiente, ter seringas e outros equipamentos necessários e pessoas suficientes para administrá-los. Ele disse que sua administração está trabalhando para produzir vacinadores adicionais - pessoas que podem administrar a vacina.

“Acho que com a graça de Deus, a boa vontade do vizinho e o riacho não subindo, como diz o velho ditado, acho que podemos chegar a 1,5 milhão por dia, ao invés de 1 milhão por dia”, ele disse.

O anúncio de Biden veio no mesmo dia em que funcionários da Pfizer e da Moderna disseram que levará tempo para ampliar a fabricação de suas vacinas.

O presidente da Moderna, Dr. Stephen Hoge, afirmou que os fabricantes de vacinas têm a obrigação de manter a qualidade e a consistência à medida que aumentam a capacidade.

"Essa é a parte frustrante de aumentar a escala", disse Hoge.

O aumento nas vacinações não necessariamente mudará o cronograma de entrega de vacinas para qualquer pessoa nos Estados Unidos que deseje uma.

O presidente disse acreditar que qualquer pessoa que deseje uma vacina poderá obtê-la nesta primavera, uma data-alvo semelhante à estabelecida pelo governo Trump.