Juruá Online

Governo do Estado avança na elaboração de novo PCCR dos servidores da Saúde

A valorização dos servidores públicos estaduais tem sido tratada com prioridade na administração de Gladson Cameli. Nesta segunda-feira, 25, membros do governo do Acre e representantes de sindicatos iniciaram os debates sobre a reformulação do Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações (PCCR) dos trabalhadores da Saúde.

Neste primeiro encontro, ficou estabelecida a criação de uma comissão especial de acompanhamento das ações referentes à atualização do PCCR, bem como a escolha de seus integrantes. Como demonstração de compromisso e transparência, todos os atos decididos conjuntamente nas próximas reuniões serão normatizados por meio de decretos, que serão publicados no Diário Oficial do Estado (DOE).


Reivindicação antiga da categoria, o governo acreano está empenhado na concretização deste importante avanço para os funcionários da Saúde. O plano tem como objetivo estabelecer questões relacionadas a correção de salários, promoções e jornada de trabalho, entre outros assuntos de interesse do servidor público.

“A intenção do governador Gladson Cameli é resolver esses erros históricos que vêm se acumulando ao longo dos anos. Vamos fazer um trabalho sério e esperamos atender tudo aquilo que for possível para valorizarmos nossos servidores”, declarou o secretário da Casa Civil, Flávio Silva.

O secretário de Estado de Saúde, Alysson Bestene, destacou a bravura e fez questão de agradecer a todos os profissionais que estão na linha de frente no combate à pandemia do coronavírus. De acordo com Bestene, todo o esforço será feito para que os servidores sejam valorizados.


“O nosso desejo, juntamente com o do governador Gladson Cameli, é que os nossos servidores sejam muito bem remunerados e tenham as melhores condições de trabalho. Porém, temos que agir dentro da legalidade e sempre atentos ao limite prudencial do Estado. Por isso, estamos montando uma comissão para que possamos elaborar o melhor PCCR possível dentro da nossa realidade”, explicou o gestor.

Jean Lunier, vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Acre (Sintesac), destacou a dedicação do governo do Estado na atualização do Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações e afirmou estar confiante no reconhecimento dos servidores.

“É muito bom negociar com essa organização. Na verdade, não queremos nem aumento, mas corrigir os nossos salários, que estão defasados há 20 anos. Eu creio que vamos avançar e, como sindicato, estaremos empenhados para que o trabalhador em saúde seja o principal beneficiado”, frisou.

Segundo o presidente do Sindicato dos Condutores de Ambulância do Acre, José Augusto Ayache, o momento é histórico para os servidores da Saúde. Mesmo diante da atual situação econômica e fiscal do Estado, ele acredita que será possível encontrar soluções que beneficiem a categoria.

“Nos 12 anos que trabalho na Saúde, este é o processo mais importante que estou vivenciando. Precisamos trabalhar todos juntos para que possamos achar uma saída viável para os nossos pleitos”, argumentou.

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA