Juruá Online

Após câncer voltar, adolescente que tratava leucemia há 10 anos morre no Acre: 'descansou', diz mãe

Após mais de dez anos de luta contra a leucemia, a menina Elana Vitória, de 14 anos, natural de Cruzeiro do Sul não resistiu à doença e morreu na manhã deste domingo (24). Ela estava internada no Hospital da Criança, em Rio Branco, em tratamento para receber um novo transplante de medula. A jovem ia completar 15 anos no dia 1 de fevereiro.

Eliana foi diagnosticada com câncer quando tinha cinco anos. Em 2017, ela passou por um transplante de medula em um hospital de Recife (PE) e a doença sumiu. Porém, exames de rotina feitos em novembro de 2020 detectaram a doença novamente e ela precisou ser internada para iniciar o tratamento. Ela passou o Natal no hospital, saiu dias antes do Réveillon para ficar em casa com a família, mas voltou a ser internada no início de 2021.

"Teve complicações, a leucemia voltou, acabou tendo um problema no pulmão também e aí agora ela descansou. Tantos anos na luta, muitos anos no hospital, vários procedimentos", disse, emocionada, a mãe da adolescente, Erlonilde de Souza.

Muito abalada com a morte da filha, Erlonilde contou ao G1 que Elana estava com bastante líquido no pulmão, foi entubada e morreu na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital da Criança.

 

"Ela tinha o sonho de fazer faculdade de moda. Agora virou modelo do céu. Estava com ela minutos antes de falecer", lamentou a mãe.


Elana Vitória iniciou o tratamento contra o câncer em 2011 — Foto: Arquivo pessoal

Elana Vitória iniciou o tratamento contra o câncer em 2011.

Últimos momentos

A mãe relembrou as últimas palavras ditas à filha antes de ela ser entubada.

"Estava consciente até a hora de entrar [na UTI], eu falei: 'você sabe que a mamãe te ama, não sabe?''. Ela disse que também que me amava. Aí falei para ela segurar na mão de Deus e não soltar", recordou.

Mãe de outra menina de 18 anos, Erlonildes falou que ainda não sabe o que fazer. "Está tudo muito confuso, não sei como vai ser minha vida a partir de agora", contou, entre lágrimas.

 

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA