Juruá Online

Internauta que divulgou fake news contra esposa de Gladson é condenada a pagar sacolões

Em audiência de conciliação realizada através de videoconferência, no dia 21 de janeiro, no 2º Juizado Especial Criminal da Comarca de Rio Branco, ficou estabelecido, como for de reparação de fake news divulgada indevidamente em suas redes sociais, a internauta Jennyfer Nayane Silva a fazer uma retratação por criação e divulgação de fake news contra a imagem da primeira-dama do estado do Acre, Ana Paula Correia da Silva Cameli.

O crime foi confessado pela própria internauta, que durante a audiência afirmou desconhecer qualquer fato que desabone a conduta da primeira-dama.

Acompanhada do seu advogado, Cristopher Capper Mariano de Almeira, Ana Paula Cameli abriu mão de pagamento de indenização para si própria e converteu a pena para doação de sacolões destinados à mulheres em situação de vulnerabilidade social.

 

No acordo judicial, restou estabelecido ainda, que a retratação fosse feita nos mesmos grupos de WhatsApp nos quais houveram a divulgação das notícias falsas anteriores, dando-se de forma imediata e devendo ser anexada aos autos os print´s comprobatórios da referida retratação.

A audiência foi realizada pela conciliadora Cristiane Brunoro e diz respeito a ação de Queixa-Crime impetrada pela primeira-dama do Acre após ser atacada de maneira leviana, sem qualquer fundamento, com o intuito de denegrir sua honra diante da sociedade, familiares e amigos.

No dia 26 de outubro, Ana Paula Cameli tomou conhecimento da mensagem de fake news que circulava em grupos de WhatsApp acusando-a de atos totalmente inverídicos sobre supostas tentativas de incriminar terceiras pessoas, envolvendo seu esposo, o governador do estado do Acre, Gladson de Lima Cameli.

A fake News (notícia falsa) chegou a ser divulgada em um site acreano, que em seguida, tirou o conteúdo do ar e divulgou pedido imediato de desculpas uma vez que observou o crime de difamação, injúria e calúnia cometido pela internauta.

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA