logo_oficial.png

Acre

Advogada com Covid-19 no AC é transferida para UTI do pronto-socorro

A advogada Isabella da Silva, de 37 anos, um dos primeiros casos confirmados de Covid-19 no estado do Acre, foi transferida da Unimed para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do pronto-socorro de Rio Branco. A transferência ocorreu na noite dessa sexta-feira (27).

A informação foi confirmada pelo diretor do pronto-socorro, Areski Peniche. Segundo ele, a advogada está estável, mas segue entubada e em coma induzido.

“Ela está na UTI da Covid-19 que a gente criou na unidade. Foi transferida em estado estável, do ponto de vista hemodinâmico. Continua entubada, evoluindo bem do quadro dela e hoje está no 14º dia da infecção”, afirmou o diretor.

Isabella foi internada na segunda-feira (23) na Unimed. A unidade de saúde chegou a divulgar um boletim médico sobre a situação da paciente após diversas fake news invadirem as redes sociais.

Ela contraiu a doença em Fortaleza, onde participou da conferência OAB Mulher, que reuniu 3 mil pessoas. Desde o diagnóstico, a advogada estava em isolamento domiciliar, mas o agravamento do quadro fez com que ela fosse internada e, segundo a Unimed, ela estava com pneumonia viral.

Até essa sexta-feira (27), a Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) confirmou 25 casos do novo coronavírus no estado. Outros 95 exames seguem em análise. Todos os pacientes confirmados estão em Rio Branco.

Internações
A subsecretária estadual de Saúde, Paula Mariano, confirmou que além da advogada, uma outra paciente deve ser transferida da Unimed para a UTI do pronto-socorro de Rio Branco ainda neste sábado (28). Segundo ela, o estado não tem pacientes do SUS confirmados com novo coronavírus necessitando de UTI.

“Hoje [sábado, 28] pela manhã outra paciente vai ser transferida também. Até pela segurança do paciente e da equipe. É uma doença nova e a gente tem que proteger os profissionais. Eles estão sendo treinados há um tempo, mas a gente tem que resguardá-los até porque não podemos parar”, disse a secretária sobre o porquê de não terem transferido as duas pacientes no mesmo dia.

Paciente de 81 anos recebeu alta
O idoso Manoel José da Silva, de 81 anos, que estava internado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Segundo Distrito de Rio Branco, desde o domingo (22), com Covid-19, recebeu alta médica nessa sexta-feira (27). Segundo os médicos, o idoso está curado e vai ficar em casa com a família.

Silva é dono de uma cooperativa no Acre. Ele estava em observação na UPA e tinha o quadro de saúde estável. A Sesacre disse, logo após a internação, que a medida foi tomada devido ao idoso ser do grupo de risco.

Novos Kits de exames
Apesar de ter anunciado, na sexta (27), que o envio de kits para exames da Covid-19 ao estado está atrasado, a subsecretária de Saúde afirmou que alguns kits chegaram ainda na sexta.

“Os exames vão continuar sendo realizados. Ontem mesmo o material chegou no Centro Charles Mérieux. A gente estava preocupado, com medo até de acabar mesmo, porque estava bem reduzido. Mas a gente entende até, é a logística, redução de voos. Para essa carga chegar, teve que ir para Manaus e depois que veio para cá. Mas, chegou e vamos continuar com os exames”, afirmou Paula.

A subsecretária informou ainda que na UPA do Segundo Distrito, unidade referência para o atendimento de Covid-19, tem leitos de isolamento adequados para receber pacientes. Além disso, o quinto andar do pronto-socorro tem 10 leitos de UTI preparados.

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA

Image
Image
Image

PUBLICIDADE

Image