Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Imunologista no AC recomenda que governo não promova carnaval em 2022: “Perigoso”

_________________Publicidade_________________

Depois de quase dois anos de pandemia, alguns estados brasileiros já se preparam para a realização de festas de réveillon e carnaval, com a baixa no número de casos e mortes ocasionadas pelo coronavírus.

A reportagem do ContilNet entrevistou o médico e imunologista Guilherme Pulici para saber qual deveria ser a melhor decisão a ser tomada pelo governo no Acre.

“É muito difícil pensar em um cenário futuro, mas eu, se fosse gestor, evitaria festas nesse sentido, como o Carnaval, já que as pessoas acabam relaxando nas medidas de prevenção, em ambientes fechados e tudo mais”, informou o especialista.

Pulici diz que a liberação das festas de grande público podem contribuir para que o Estado retorne à situação crítica vivenciada no início do ano de 2021, quando os hospitais enfrentaram um colapso por conta da superlotação dos leitos clínicos comuns e da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e diversas mortes ocasionadas pela doença foram registradas, diariamente.

“Não é interessante que liberem pois podemos retornar à situação crítica que enfrentamos. Todo cuidado é pouco nesse sentido. O enfrentamento da pandemia exige um esforço de todos nós”, continuou.

“O Carnaval, por exemplo, é uma das maiores festas do mundo. Por isso, sua realização, neste cenário incerto, é ainda pior que um jogo de futebol”, finalizou.

Via – Contilnet

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas