Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Igrejas no AC continuam fechadas aos fins de semana mesmo com decisão do STF

A quantidade máxima de público nos templos religiosos aumentou de 20% para 25%

Durante coletiva à imprensa organizada pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre) e pelo Comitê Especial de Combate à Covid-19, que anunciaram a permanência de todo o Acre na bandeira vermelha (fase de emergência), o governo decidiu que as igrejas devem continuar fechadas aos fins de semana e feriados.

A quantidade máxima de público nos templos religiosos aumentou de 20% para 25%, após uma decisão monocrática do ministro Kássio Nunes Marques, no Supremo Tribunal Federal (STF), que liberou a realização de celebrações durante a pandemia, sem a interferência dos Estados e Municípios.

Mesmo acatando parcialmente a liberação do STF, o Governo do Acre decidiu manter as igrejas fechadas aos fins de semana e feriados, assim como postos de gasolina e supermercados.

O Procurador-Geral do Estado, João Paulo Setti Aguiar explicou durante o encontro que o posicionamento de Kássio Nunes se trata de uma liminar e não uma decisão colegiada, portanto, a qualquer momento pode ser derrubada pelos demais magistrados.

Na mesma ocasião, pontuou que o Estado obedecerá o aumento no percentual máximo de público dentro dos templos.

“É uma liminar que pode ser derrubada a qualquer momento pelos demais ministros, como já anunciado. Vamos editar o decreto e aumentar o percentual de 20% para 25% de público nas igrejas”, enfatizou.

Via-Contilnet

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas