18 de maio de 2022   |   13:53  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Idosa tenta defender seu cão e acaba com braço dilacerado por dois pitbulls

Vítima caminhava pela rua quando os cães avançaram contra o cachorro de pequeno porte dela. Ao tentar protegê-lo, ela foi atacada

_________________Publicidade_________________

Uma idosa de 67 anos ficou ferida após ser atacada por dois cães da raça pitbull, em Guaxupé, no Sul de Minas, na manhã dessa segunda-feira (28/3).

A mulher caminhava pela rua, no Bairro Parque do Lago, quando os cães avançaram contra o cachorro de pequeno porte dela. Ao tentar protegê-lo, a idosa foi mordida.

Conforme detalha o Corpo de Bombeiros, a vítima sofreu “ferimento lacerante” no braço direito, que ainda apresentou uma luxação.

“A força da pressão da mordida, aliada ao ‘chicoteamento’, provocou o deslocamento do membro”, detalhou a corporação à reportagem. A idosa ainda teve um corte no supercílio direito.

Logo, a vítima foi socorrida pela Unidade de Resgate da corporação e conduzida ao pronto socorro do município.

Quando a Polícia Militar (PM) chegou ao local, os cães já haviam sido recolhidos pela proprietária – que foi conduzida à delegacia para a lavratura da ocorrência policial.

Como agir diante de um ataque de cachorro?

Conforme orienta o Corpo de Bombeiros, a reação instintiva de correr pode ser ainda mais prejudicial. Nesse sentido, ficar parado e proteger partes sensíveis do corpo é a melhor saída.

Logo, olhar diretamente para o animal e entrar em desespero são comportamentos que servem de gatilho para acionar o instinto de caça característico em todos os cães.

O ideal é sentar no chão com os joelhos dobrados e a cabeça entre as pernas. Desta forma, regiões mais sensíveis como cabeça, pescoço e tórax ficarão protegidas. Esse comportamento é entendido pelo animal como um ato de submissão.

Por Correio Braziliense

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS

AS ÚLTIMAS

top 10 mais lidas