Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Idosa que sofreu dois AVCs após ser picada por cobra morre no litoral de SP

Maria de Fátima Barbosa Greca, de 63 anos, estava internada na UTI desde a última sexta-feira (19).

A idosa de 63 anos que sofreu dois acidentes vasculares cerebrais (AVCs) após ser picada por uma cobra não resistiu e morreu, na manhã desta quarta-feira (24), em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Maria de Fátima Barbosa Greca deixa três filhos, marido e três netos.

Maria chegava em casa, na Rua Manoel Moreira Senne, no bairro Chácara das Tâmaras, em Itanhaém, quando, ao abrir o portão, pisou acidentalmente no filhote de serpente da espécie jararacuçu (Bothrops jararacussu), que a picou no calcanhar, na última quinta-feira (18). Ela sofreu o primeiro AVC logo após a picada, e o segundo já na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Jardim Sabaúna, para onde foi inicialmente levada.

Segundo a família, Maria de Fátima foi transferida para o Hospital Irmã Dulce, em Praia Grande, na sexta-feira (19), onde o médico responsável constatou um coágulo no cérebro, sendo necessária uma cirurgia de emergência. Nas 72 horas pós-cirurgia, ela permaneceu internada em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Um dos rins acabou paralisado, e a família afirmou que esperava por um milagre para sua recuperação.

A filha da idosa, Danielle Greca, informou que Maria morreu na manhã desta quarta, em decorrência do veneno da serpente. “O médico falou que o veneno da cobra continuava fazendo efeito no corpo dela. Fizeram hemodiálise por conta do veneno, mas o pulmão dela já estava com sangue, ela teve uma parada cardíaca e não aguentou”, lamenta.

De acordo com Danielle, a família estava tentando se manter forte após o ocorrido com a mãe, e todos acreditavam na sua recuperação. O corpo de Maria de Fátima será transferido ainda nesta quarta para a cidade de Passa Quatro, no Estado de Minas Gerais, onde familiares moram, e na quinta-feira (25) ocorrerá o velório e sepultamento.

Local onde a cobra picou Maria de Fátima Bezerra Greca — Foto: Arquivo Pessoal/Danielle Greca

Local onde a cobra picou Maria de Fátima Bezerra Greca — Foto: Arquivo Pessoal/Danielle Greca

Via: G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas