Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Iapen e Sejusp retomam Curso de Rotinas e Técnicas Penitenciárias para policiais penais

_________________Publicidade_________________

O Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen/AC), em parceria com a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), deu início nesta segunda-feira, 19, à quinta turma do Curso de Rotinas e Técnicas Penitenciárias, oferecido aos policiais penais da instituição.

Com o retorno do curso, mais 80 profissionais serão capacitados em quatro municípios do Acre. Foto: Elenilson Oliveira

O curso é ofertado pela Escola do Servidor Penitenciário do Iapen, financiado com recursos do Fundo Penitenciário Nacional e realizado em parceria com o Centro Integrado de Ensino e Pesquisa em Segurança Pública (Cieps).

Com carga de 70 horas-aula, tem por finalidade proporcionar maior grau de conhecimento aos participantes nas temáticas de rotinas penitenciárias, utilização dos instrumentos de menor potencial ofensivo, armamento, munição e tiro, possibilitando desenvolver suas habilidades dentro das mais avançadas técnicas adotadas. As disciplinas do curso dão ênfase à ética e ao procedimento operacional padrão (POP).

A diretora da Escola, Helena Guedes, explicou que 160 profissionais serão capacitados em oito turmas de 20 alunos. “Esse curso teve início em 2019, quando foram certificados 80 profissionais em Rio Branco, Tarauacá e Cruzeiro do Sul. Ele foi interrompido devido à pandemia e agora retornamos, para a finalização das quatro turmas restantes.”

Alunos participarão de aulas teóricas e práticas, com a possibilidade de efetuar até 150 disparos de arma de fogo. Foto: Elenilson Oliveira

As novas turmas serão abertas em Rio Branco, Senador Guiomard, Sena Madureira e Cruzeiro do Sul. Durante as instruções, os alunos passarão por aulas práticas que os possibilitarão realizar uma média de 150 tiros de ponto 40, calibre 12 e fuzil 556.

Para o presidente do Iapen, Arlenilson Cunha, a capacitação continuada faz parte do planejamento da gestão, promovendo fortalecimento e formação dos servidores penitenciários. “Isso demonstra a vontade do governo do Estado em elevar o grau de profissionalismo dos policiais penais, dos servidores penitenciários. A formação é necessária para que nossos policiais estejam capacitados e prontos para operar tanto dentro do sistema prisional quanto em outras ações, auxiliando as demais forças de Segurança”, afirmou.

O secretário de Justiça e Segurança Pública, Paulo Cézar Santos, destacou que diversos cursos são destinados aos profissionais de segurança do Acre. “Entre eles, temos o curso de gerenciamento de crises, o curso de negociação, de multiplicadores de APH tático e o Curso Operacional Integrado (COI), destinado a todos os profissionais da Segurança Pública”, frisou.

Santos ainda ressaltou que tais cursos visam valorizar o profissional por meio de técnicas importantes não só para a segurança do cidadão mas, principalmente, para o exercício seguro da atividade policial.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas