Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Homem que matou mulher em Cruzeiro do Sul com 7 facadas pode estar morto

_________________Publicidade_________________

No dia 18 de julho, ocorreu um crime de feminicídio em Cruzeiro do Sul, onde Eduarda da Cruz Silva, 27, foi morta na frente da filha de 2 anos, com 7 facadas pelo ex-marido no Bairro Cruzeirinho Novo.

O delegado Rômulo que acompanhou a investigação, fala que o crime é de feminicídio, pois o seu ex companheiro desferiu vários golpes de faca. “Em relação as novas informações existem várias versões que ele pode estar vivo, pode estar em outro município, mas o mais provável é que realmente ele possa ter sido morto por outras pessoas e isso está sendo investigado no setor de homicídio, caso seja comprovado realmente se ele tiver sido morto. Foi encontrado um local onde haviam manchas de sangue e houve perícia para saber se realmente o autor do feminicídio foi morto ou não”.

Em relação ao vídeo que circulou nas redes sociais em que o criminoso teria sido capturado por moradores em Ipixuna o delegado afirma que é possível que seja realmente ele. “Um dos irmãos do criminoso reconheceu ele, através da postura, forma de sentar de ficar no barco, mas não tem como dizer com precisão se seria ele”.

Juruá Online

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas