7 de agosto de 2022   |   22:37  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Homem que fazia “gato” em energia é preso em flagrante na Capital

Diante da situação, a autoridade policial acionou a perícia para fazer a constatação técnica da subtração da energia e em seguida deu voz de prisão em flagrante ao proprietário da residência.

_________________Publicidade_________________

Um trabalho investigativo da Polícia Civil por meio da Delegacia da 3ª Regional em parceria com a Energisa possibilitou identificar e prender, em flagrante, na manhã desta segunda-feira, R. S. A. de 35 anos de idade pelo cometimento de furto de poste e padrão de energia. A prisão do investigado se deu por força de mandado judicial de busca e apreensão cumprido no endereço localizado no bairro Comara, em uma residência de propriedade do investigado.

A medida visou levantar elementos de informação e comprobatórios relacionados ao furto de energia e seus respectivos medidores, bem como a eventual apreensão desses bens. Além disso, a ação contou com a participação de uma equipe de técnicos representantes da Energisa, que constatou o furto de energia elétrica na residência.

Diante da situação, a autoridade policial acionou a perícia para fazer a constatação técnica da subtração da energia e em seguida deu voz de prisão em flagrante ao proprietário da residência, o qual foi conduzido para Delegacia de Flagrantes para lavratura de auto de prisão em flagrante e colocado à disposição da justiça.

A Distribuidora destaca que a instalação do padrão e caixa blindada continua sendo realizada de forma gratuita apenas para os casos de regularização. E que após esse procedimento, os itens ainda continuam sendo de propriedade da empresa, por isso, qualquer tipo de comercialização desses materiais deve ser denunciado para as autoridades policiais.

O gerente do Departamento de Perdas da Energisa Acre, André Klein, alerta que realizar ligação clandestina é uma prática em que todo mundo sai perdendo. “Além de crime, isso coloca em risco a vida de quem realiza e de todos que estão próximos. Precisamos combater o furto e a população tem um papel fundamental nisso, denunciando esse tipo de crimes”, destacou.

Somente neste ano, mais de 23 mil unidades foram inspecionadas, além de 7,5 mil ações de regularização, blindagens e adequações da rede. Nos primeiros seis meses de 2022, a Energisa identificou 6,2 mil irregularidades no Acre. Se comparado ao ano passado, esse número representa um aumento de 7%.

A Polícia Civil alerta sobre esse tipo de crime, subtração dos postes e padrão de energia: art. 155, § 4º, inciso II. Pena: reclusão, de dois a oito anos. Furto de energia: art. 155, § 3º, Pena – reclusão, de um a quatro anos, e multa. Também são cobrados os valores retroativos referente ao período fraudado acrescidos de multa.

A população também pode denunciar buscando a unidade de polícia mais próxima e registrar Boletim de Ocorrência.

Com Informação Ac24Horas

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS