Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Harry mentiu sobre não ter recebido ajuda financeira ao sair da Família Real

Ao contrário do que o Duque afirmou, documentos apontam pagamentos realizados na época da transição

_________________Publicidade_________________

Informações fornecidas pelo príncipe Harry sobre não ter recebido ajuda da família real britânica em sua transição com a esposa Meghan Markle, quando decidiram abdicar dos compromissos da realeza, indo morar nos Estados Unidos.

Harry chegou a declarar para Oprah Winfrey que passou a viver do que sua mãe, princesa Diana, havia deixado para ele.

Porém, segundo documentos de pagamento da monarquia, o pai de Harry, o príncipe Charles, destinou mais de 30 milhões de reais aos filhos e suas respectivas famílias.

Um porta-voz da Clarence House, que representa o príncipe Charles e sua esposa Camila Parker, afirmou em um comunicado que Harry e Meghan tiveram um respaldo do sucessor da rainha Elizabeth II:

“Como todos nós lembraremos, em janeiro de 2020, quando o duque e a duquesa anunciaram que iriam se afastar dos trabalhos da família real, o duque disse que trabalhariam para se tornarem financeiramente independentes. O Príncipe de Gales alocou uma quantia substancial para apoiá-los nessa transição. Esse financiamento cessou no verão do ano passado. O casal agora é financeiramente independente. Não traio nenhuma confiança quando digo que eles tiveram muito sucesso em se tornarem financeiramente independentes. Eu não admitiria que eles são dramaticamente diferentes. Tudo o que posso dizer são os fatos”, afirmou ele.

Via-IG

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas