Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Guarda chora ao relatar grito de animais e colegas desmaiando durante combate ao incêndio no Parque Juquery, em SP

_________________Publicidade_________________

O combate ao incêndio no Parque Estadual Juquery, em Franco da Rocha, na Grande São Paulo, conta, desde domingo (22), com a ajuda de vários profissionais da cidade, além dos agentes do Corpo de Bombeiros, que trabalham noite e dia para o controle das chamas que já atingiram 80% do parque.

Um desses combatentes é o guarda-civil Adelson Oliveira, de Franco da Rocha, que está na linha de frente para a contenção do incêndio que está destruindo a reserva ambiental.

Em um vídeo publicado nas redes sociais nesta segunda (23), Adelson Oliveira chorou ao falar do incêndio e da impossibilidade dos brigadistas em ajudar os animais presos entre as chamas.

“Esse aqui é sexto ou sétimo foco que a gente tenta conter para não se espalhar e o prejuízo ser maior. Graças a Deus a gente não vai poder conter 100%, mas pelo menos uma boa parte a gente vai conseguir… E o que mais dói é que daqui a gente ouve o grito dos bichinhos lá embaixo, pedindo socorro, e a gente não consegue ajudar. A gente não pode entrar lá para salvar o bicho, senão a gente morre queimado”, afirmou ele comovido .

O incêndio entrou nesta terça (24) no terceiro dia. Segundo o Major Palumbo, porta-voz dos bombeiros, cerca de 75 bombeiros e 30 brigadistas continuam trabalhando no parque, com a ajuda de dois helicópteros e duas aeronaves.

No vídeo postado nas redes sociais, Adelson Oliveira também narra que vários colegas brigadistas desmaiaram por causa das chamas e tiveram que ser reanimados.

“Olha o que o que o criminoso de um baloeiro conseguiu fazer mais uma vez com a riqueza que a gente tem no nosso município… Mais de cinco horas aqui, exausto… Muitos colegas aqui não aguentaram, sentiram mal e desmaiaram. Foram reanimados e estão lá de novo”.

Via-G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas