Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Grupo solta balões brancos e prefeitura de Rio Branco decreta luto oficial após morte da primeira-dama

_________________Publicidade_________________

Beth Bocalom estava acamada há seis anos após descobrir que tinha uma doença neurodegenerativa. Decreto de luto oficial foi publicado na edição desta sexta-feira (21) do DOE e luto deve durar por três dias.

A Prefeitura de Rio Branco decretou luto oficial de três dias pela morte da esposa do prefeito Tião Bocalom. Beth Bocalom estava na UTI domiciliar há seis anos devido à Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), doença rara e neurodegenerativa progressiva, e morreu na quarta-feira (19).

O decreto foi publicado na edição desta sexta-feira (21) do Diário Oficial do Estado (DOE). No documento, a prefeitura destaca a relevância dos serviços prestados por Beth quando secretária de Assistência Social do Município de Acrelândia, onde se dedicou a prestar auxílio aos mais necessitados, e destaca o legado de amor ao próximo que ela deixa.

Com o luto oficial, nos três dias a bandeira do município de Rio Branco deve ser hasteada a meio mastro na sede da Prefeitura e nas demais repartições municipais.

Ainda em homenagem à primeira-dama da capital, nessa quinta-feira (20) um grupo de familiares, amigos e apoiadores de Bocalom se reuniu em frente da Prefeitura, fez um momento de falas sobre Beth e depois soltou balões brancos.

Beth Bocalom estava acamada há seis anos após descobrir que tinha uma doença neurodegenerativa — Foto: Reprodução

Beth Bocalom estava acamada há seis anos após descobrir que tinha uma doença neurodegenerativa — Foto: Reprodução

Publicação emocionado do prefeito

Com palavras de carinho e afeto, Bocalom lamentou em uma rede social a morte da esposa.

“Minha rainha Elisabeth foi uma guerreira até hoje. Até hoje, sim!

Infelizmente hoje, 19/05/2021, às 19h30 h ela se rendeu. Deus a buscou para perto Dele! Foram mais de 7 anos lutando contra a ELA – Esclerose Lateral Amiotrófica que a manteve numa UTI domiciliar desde 23/11/2015 (quase 6 anos) até hoje.

Tenho certeza que eu, nossa princesa Luciana, seu esposo, Josivan, nossas netas, Isabela, Ana Luíza e Maria Rita, meu irmão Mauro e meu querido paizinho, João, hoje aos 97 anos, que nos acolheram desde o primeiro dia que aqui chegamos em Araguari para iniciarmos o tratamento dela em Brasília a cada 15 dias, e todas as nossas famílias, fizemos tudo o que estava ao nosso alcance para lhe salvar!

Fomos vencidos! Sabemos que a vontade que prevalece é a do PAI! Vai para Deus, minha RAINHA! Eu continuarei aqui, ao lado de muitos sonhadores, até que Ele me chame também, lutando para realizar o nosso grande sonho – “Uma Gestão Pública mais Honesta e mais Justa com os mais pobres, para que eles tenham DIGNIDADE em função de nosso trabalho”.

Você, minha Rainha, deixa um grande legado: O AMOR PELO PRÓXIMO”.

Em nota, a prefeitura afirmou que ‘Beth era uma mulher forte que lutou pela vida’. Ainda segundo a assessoria de comunicação da prefeitura, Beth Bocalom descobriu a doença há sete anos.

Antes de descobrir a doença, Beth Bocalom ajudou o marido em campanhas eleitorais e foi secretária em Acrelândia  — Foto: Arquivo pessoal

Antes de descobrir a doença, Beth Bocalom ajudou o marido em campanhas eleitorais e foi secretária em Acrelândia — Foto: Arquivo pessoal

Nota da prefeitura

Com muito pesar, a Prefeitura Municipal de Rio Branco comunica o falecimento de dona Beth Bocalom, primeira-dama da cidade, ocorrido no início da noite dessa quarta-feira, 19, em Araguari, Minas Gerais.

Há sete anos, dona Beth descobriu que tinha Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), uma doença rara, neurodegenerativa progressiva que enfraquece os músculos e afeta as funções físicas. Seus últimos seis anos, passou em UTI domiciliar recebendo a atenção, o carinho e o amor de sua família.

Mãe, avó, esposa, sogra, irmã e nora, dona Beth era uma mulher forte que lutou pela vida. Toda a equipe lamenta profundamente essa perda e se solidariza com seus familiares e amigos que se encontram em luto. Que dona Beth seja recebida por Deus.

G1 ACRE

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas