Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Governo realiza ações para implementar Política Estadual de Saúde do Indígena e do Idoso no Juruá

_________________Publicidade_________________

SECOM

Ao longo desta semana, o governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), vem realizando em Cruzeiro do Sul ações que visam à implementação de políticas estaduais da saúde voltadas ao indígena e ao idoso da região do Juruá. 

Para a coordenadora regional da Sesacre, Catiana Rodrigues, o momento de controle da pandemia de Covid-19 dentro do estado tem sido oportuno para o retorno presencial das ações que trabalham as políticas de saúde destinadas a essas populações. 

A Sesacre realiza, em Cruzeiro do Sul, uma semana de atividades para implementar as políticas de saúde do idoso e do indígena na região do Juruá. Foto: Marcos Santos/Secom

“Nos últimos meses, estamos com agendas intensas, pois todas as áreas técnicas da Sesacre estão vindo, trabalhando e criando seus planos de ação nos municípios do Juruá. Além do indígena e do idoso, também estamos tratando de outras áreas, como a saúde da mulher, do adolescente e da criança. São iniciativas bastante produtivas, pois tanto as equipes das nossas unidades hospitalares quanto das unidades básicas de saúde dos municípios têm adquirido grande conhecimento e, dessa forma, temos dado continuidade a essas boas ações”, pontua a coordenadora. 

O grande objetivo do governo é criar, por meio do Departamento de Atenção Primária em Saúde (Daps), um Comitê Gestor Intersetorial para a região do Juruá. “A ideia de criação do comitê é para tratar das políticas que cuidem da atenção básica na saúde de idosos e indígenas, pois são populações que sofrem com diversos agravos clínicos em nosso estado”, explica Catiana Rodrigues. 

O grande objetivo do governo é criar um Comitê Gestor Intersetorial para a região do Juruá para tratar das políticas que cuidem da atenção básica da saúde de idosos e indígenas. Foto: Marcos Santos/Secom

Vanderson Brito, que é o gestor estadual da Saúde Indígena, esclarece que a criação do comitê trará, de forma mais incisiva, as ações do governo em saúde, assistência e educação à população indígena do Juruá. “Dentro do governo, as secretarias dialogam entre si com o objetivo de fazer uma gestão com foco na saúde dessa população. Com isso, acreditamos que conseguiremos oferecer uma saúde de melhor qualidade para o indígena que reside nesses municípios”, declara. 

A enfermeira Ana Cristina Miranda reforça que a criação do comitê fortalece as políticas de saúde voltadas à população idosa no estado. “É primeira vez que o governo se faz presente nos municípios para implementar a política de uso da caderneta da saúde do idoso. Vamos fortalecer os conselhos municipais, para que possamos resolver os problemas de violência, abandono e maus-tratos que os idosos vêm sofrendo”, informa. 

Uma das atividades da agenda é a apresentação da política do uso da caderneta da saúde do idoso. Foto: Marcos Santos/Secom

Entre as ações a serem realizadas na semana, estão a elaboração e construção dos planos de metas da saúde indígena, um ato solene na Câmara Municipal de Cruzeiro do Sul para apresentar as programações das atividades voltadas à saúde indígena e do idoso e reunião com secretários municipais de Cruzeiro do Sul, sociedade civil e lideranças indígenas, para apresentar a proposta do comitê intersetorial.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas