Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Governo libera R$ 5,5 milhões para ações pós-enchente no Juruá

As prefeituras de Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves e Mâncio Lima foram contempladas com o repasse de R$ 5,5 milhões do  governo do Estado para ações em áreas afetadas pelas enchentes. Na manhã desta sexta-feira, 19, o governador Gladson Cameli fez chegar até essas cidades os recursos financeiros da Operação Apoio, ação coordenada pelo Departamento de Estradas de Rodagem (Deracre) para auxiliar as prefeituras no trabalho de remoção de entulhos, limpeza de ruas e desobstrução de áreas afetadas e destruídas pela enchente.

As prefeituras de Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves e Mâncio Lima foram contempladas com o repasse de R$ 5,5 milhões do  governo do Estado para ações em áreas afetadas pelas enchentes Foto: Pedro Devani.

Além do presidente do Deracre, Petrônio Antunes, o governador Gladson Cameli e os prefeitos das cidades assinaram o convênio numa solenidade realizada na Estrada Variante, na divisa das cidades de Cruzeiro do Sul e Rodrigues Alves.

A maior cota do repasse foi destinada para Cruzeiro do Sul, uma das localidades mais afetadas pela enchente que deixou mais de 12 mil pessoas desabrigadas. O governo estadual liberou R$ 5 milhões para a segunda maior cidade do estado, que ainda contabiliza prejuízos causados pela força das águas, que invadiram nove bairros.

Governo estadual liberou R$ 5 milhões para Cruzeiro do Sul  Foto: Pedro Devani.

“Governador, nossa palavra é de gratidão. Todos sabem que as ruas do Miritizal, Várzea e Lagoa viraram rios. Nós ainda temos quatro abrigos funcionando, porque as pessoas não têm como voltar pra casa. Iniciamos uma frente de limpeza e conseguimos reduzir os casos de dengue, mas esse convênio vem para nos ajudar, porque temos que enfrentar o problema na raiz”, pontuou o prefeito de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima.

Para Rodrigues Alves foram destinados R$ 153 mil, que, segundo o prefeito Jailson Amorim, vão ser aplicados emergencialmente nas ações previstas no convênio. “ Vai me ajudar muito a combater a malária, a dengue, e limpar nossa cidade. Agradeço ao governador e vamos continuar trabalhando por nossa gente”, disse o prefeito.

Para Rodrigues Alves foram destinados R$ 153 mil, que, segundo o prefeito Jailson Amorim, vão ser aplicados emergencialmente nas ações previstas no convênio  Foto: Pedro Devani.

Mâncio Lima foi contemplada com R$ 445 mil. A cheia dos rios Moa e Japiim também desabrigaram centenas de famílias na cidade mais ocidental do Brasil. “Com certeza esse recurso vai ajudar muito a nossa população, governador. Todos estamos gratos pela forma como a equipe do governo trata nosso município. Aos meus colegas prefeitos que aqui estão, quero estender meu agradecimento também”, disse Isaac Piyãko.

O governador Gladson Cameli disse que a Operação Apoio foi organizada justamente para auxiliar as prefeituras neste momento pós-enchente. O chefe do Executivo disse conhecer a fundo as dificuldades que os gestores municipais enfrentam, principalmente por causa dos efeitos causados pela pandemia do novo coronavírus.

“A gente precisa estar junto nessa luta. Porque se tem alguém que tem o direto de cobrar é o povo. Quando eu vejo alguém cobrando, eu digo pra cobrar mesmo. A equipe do governo precisa estar alinhada com os prefeitos, não somos dois, somos um. Porque quem comanda o Estado somos todos nós”, disse o governador.

Também acompanharam a agenda os secretários Flávio Silva, da Casa Civil; Silvânia Pinheiro, da Comunicação; Rômulo Gandidier, da Fazenda; Anderson Lima, da Indústria e Comércio; e o comandante da PM no Juruá, coronel Evandro Bezerra.

Via- Agências de Notícias do Acre

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas