Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Governo autoriza e preços de remédios podem subir até 4,88%

O aumento, que é previsto para o dia 31 de março de cada ano, foi adiantado em 15 dias. A autarquia não justifica o motivo na publicação.

Foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (15) uma resolução que permite reajuste de 4,88% no preço dos medicamentos vendidos em solo nacional, com possibilidade de aplicação imediata pela indústria farmacêutica.

A Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED), órgão subordinado à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), decidiu pelo aumento em reunião na última sexta-feira (12).

O aumento, que é previsto para o dia 31 de março de cada ano, foi adiantado em 15 dias. A autarquia não justifica o motivo na publicação.

Em 2020, o governo negociou com a indústria farmacêutica e atrasou o aumento, então de até 5,21%, por 60 dias. Um ano depois, o país se encontra no auge da crise sanitária.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas