3 de julho de 2022   |   15:42  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Governo apoia primeira participação do Acre em atividades pelo Dia Mundial da Criatividade

_________________Publicidade_________________

O Acre tem pessoas criativas e o governo do Estado, por meio das pastas Comunicação, Fundação Elias Mansour, Fundação Garibal Brasil e rádios Aldeia e Difusora apoia o Dia Mundial da Criatividade, comemorado neste 20 de abril, com o maior festival colaborativo mundial. Em Rio Branco a liderança e organização das atividades é de responsabilidade da jornalista Jane Vasconcelos e de sua equipe de voluntários.

Assim, nos dias 20, 21 e 22 de abril, 100 cidades em todo o Brasil e outras 30 cidades ao redor do mundo terão uma programação oficial, aberta ao público, para celebrar o World Creativity Day (Dia Mundial da Criatividade). Ingressos gratuitos ficarão disponíveis pelo site www.worldcreativityday.com.

Em sua 5ª edição, esse ano o festival vem com o tema Celebrar a Vida, se propondo a realizar mais de 1.500 atividades gratuitas (presenciais e online), para uma expectativa de público de 100 mil pessoas, tendo o Acre como estreante dessa interatividade mundial pela criatividade.

O Dia Mundial da Criatividade entrou para o calendário oficial da Organização das Nações Unidas (ONU) em 2017, com o objetivo de fomentar e contribuir para uma agenda de inovação e desenvolvimento humano sustentável.

Acre participa pela primeira vez do maior festival, com mais de 20 impulsionadores. Foto: José Caminha/Secom

Na capital acreana as atividades pelo Dia da Criatividade seguem no mesmo fluxo da programação mundial, de 20 a 22 de abril, com mais  de 20 participações presenciais e online. Para consultar a programação completa da sua cidade e fazer sua inscrição, basta acessar o site: www.diamundialdacriatividade.com.br

Dentre as personalidades acreanas impulsionadoras que participam do festival, tem autor de obra literária, artista plástico, ator, influencer maquiadora, produtora de conteúdo, chefe de cozinha valorizando a culinária regional, artesão da borracha,  reciclador e educadores .

Mais conhecido como Dr. da Borracha, o fabricante de sapatos de seringa expõe seus produtos em feiras nacionais e internacionais. Foto: José Caminha/Secom

O criador de artes em seringa, José Rodrigues, mais conhecido como Dr. da Borracha, produz uma vasta obra de arte, utilizando o látex da seringueira, tendo a fabricação de calçados coloridos como o forte de sua produção, garantindo a ele a participação em feiras e exposições em todo o mundo.

“A borracha aguça toda a minha capacidade criativa, pois me permite produzir objetos impensáveis. Nosso látex ganhou o mundo e está até nas rodas do avião, a borracha do isqueiro”, constatou.

A criadora de conteúdo Caroline Azevedo desenvolve um trabalho voltado para o despertar da  valorização e da autoestima da mulher comum, para que ela aprenda o autoconhecimento e o autoamor,  incondicionalmente.

“A maquiagem é a arte, é a criatividade para se autoconhecer, se sentir bonita e se transformar por meio do amor”, pontuou.

Fran Moura defende a criatividade nas ações em defesa de uma consciência ambiental que faça parte do quotidiano dos cidadãos. Foto: José Caminha/Secom

“Bora reciclar” é a proposta criativa da policial militar Francineide Moura, cujos exemplos de reaproveitamento de todo tipo de material foram trazidos de sua infância humilde, onde os pais praticavam a reciclagem mais por necessidade do que por consciência ambiental.

A policial militar improvisou um depósito de materiais na área de sua residência, onde recebe os mais variados itens e os encaminha para as famílias carentes e que trabalham com reciclagem.

“Cada um deve fazer sua parte, separando, reciclando e procurando os canais para envio. Muitos materiais que iriam para o lixão podem ser reaproveitados por famílias necessitadas”, defendeu.

Jornalista Jane Vasconcelos coordena as ações locais do maior festival colaborativo mundial pela criatividade. Foto: José Caminha/Secom

O Instituto Federal do Acre (Ifac) receberá atividades relacionadas à Educação, como, por exemplo, a participação da professora Gabriela Cunha, que irá falar sobre o tema  Aula incrível, metodologias ativas e criativas, entre outras.

A jornalista Jane Vasconcelos, coordenadora do festival no Acre, avalia que, com a volta das atividades presenciais em razão do fim da pandemia, é chegada a hora de implementar ações de incentivo à recuperação da autoestima das pessoas, valorizando sua potência criativa.

“O festival vem com essa proposta de resgate da capacidade de viver com alegria, de empreender, de produzir, de ter criatividade, mesmo sabendo que  tivemos tantos meses de dor e luto”, salientou.

Com informações da Agência de Notícias do AC.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS