Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Governador ouve agricultores, entrega equipamentos, autoriza obras e diz que nunca vai abandonar Sena Madureira

_________________Publicidade_________________

Os agricultores que residem na zona rural de Sena Madureira tiveram a oportunidade de apresentar cara a cara com o governador Gladson Cameli, todos os pedidos de recuperação de ramais e construção de pontes na malharia viária vicinal do município. Na manhã desta terça-feira, 20, no pátio do Deracre em Sena Madureira, o governador Gladson Cameli fez a maior entrega de maquinários da história da cidade.

Na manhã desta terça-feira, 20, no pátio do Deracre em Sena Madureira, o governador Gladson Cameli fez a maior entrega de maquinários da história da cidade. Foto: Diego Gurgel/Secom

Durante a solenidade, Cameli pediu que a palavra fosse aberta para que os homens e mulheres do campo expusessem os problemas que enfrentam nas comunidades onde vivem. Gladson e todo o staff do governo ouviram atentamente as reivindicações. Eliane da Silva Lopes, viúva e cadeirante foi a primeira a relatar o sofrimento que enfrenta. Ela contou que no ramal do Pereirinha, onde mora há vinte e cinco anos, não há rede de energia elétrica. O ramal está intrafegável e sair de casa até no verão é uma tarefa difícil. “Quero pedir que abram o ramal e coloquem energia. Nos outros ramais já tem, mas lá, não. A gente não pode guardar comida na geladeira nem beber uma água gelada porque não tem energia”, destacou.

Gladson e todo o staff do governo ouviram atentamente as reivindicações. Eliane da Silva Lopes, viúva e cadeirante foi a primeira a fazer o seu  relato.  Foto: Diego Gurgel/Secom

A situação de quem mora no ramal do Macauã não é diferente. Foi o que relatou Gedeao Rocha, agricultor que não teve como escoar a safra de melancia por falta de condição de tráfego no ramal. “Olhem para gente com atenção. Na época do inverno, para chegar no asfalto da BR, a gente tem que caminhar quatro horas dentro da lama”, contou.

Sena Madureira, segundo presidente do Departamento de Estradas de Rodagem (Deracre), Petrônio Antunes, possui cerca de dois mil quilômetros de ramais, uma das maiores malhas vicinais do estado. Mas a realidade nessas comunidades, garante Petrônio, vai mudar. “O foco esse ano é abertura de ramais e recuperação de pontos críticos. Sei que vocês estão ansiosos. Tenham um pouco de paciência que iremos chegar a todas as localidades”, reforçou

De uma só vez,  governador entregou 14 equipamentos pesados para a execução das obras de melhoramento da malha vicinal. Foto: Diego Gurgel/Secom

De fato, a zona rural de Sena Madureira vai receber frentes de serviços que nunca atuaram na região. De uma só vez, o governador entregou 14 equipamentos pesados para a execução das obras de melhoramento da malha vicinal. Um investimento de R$ 7,6 milhões que vai garantir a recuperação de 50% dos trechos críticos ainda esse ano.

Gladson assinou ordens de serviços para a reforma de 26 escolas nas comunidades rurais e indígenas e para a revitalização da escola Raimundo Magalhães Foto: Diego Gurgel/Secom

Não foram só os ramais que receberam atenção. O governador assinou ordens de serviços para a reforma de 26 escolas nas comunidades rurais e indígenas e para a revitalização da escola Raimundo Magalhães, no 2º distrito, além de autorizar o mesmo serviço no Núcleo de Educação e na quadra da Juventude, totalizando mais de R$ 2,4 milhões com essas obras. Ainda está incluso nesse pacote, o asfaltamento de 4 km da estrada Mário Lobão, que dá acesso ao 2º Distrito de Sena Madureira.

No mesmo ato, Gladson anunciou a licitação para a reforma do novo terminal rodoviário e para a construção do prédio do Instituto Médico Legal.

No mesmo ato, Gladson anunciou a licitação para a reforma do novo terminal rodoviário e para a construção do prédio do Instituto Médico Legal. Foto: Diego Gurgel/Secom

“ Aqui não tem mentira. Esse maquinário todo vai ficar aqui para através do Deracre, garantir a vocês da zona rural o sagrado direito de ir e vir pelos ramais. Para garantir o direto de produzir e vender a produção de vocês. Essa é a verdade que estamos mostrando para quem quiser ver. Agora se tem gente que prefere se fazer de cego, já não é problema meu. Estou cumprindo com o meu dever de governador e estou fazendo isso com prazer, alegria e gratidão pelo meu mandato de governador que vocês me deram. Porque cada um de vocês quis que eu fosse governador do Acre. Assim como serão vocês que irão decidir se querem que eu continue como governador”, disse Gladson.

Os secretários Socorro Neri (SEE), Paula Mariano (Sesacre), Flavio Silva (Casa Civil), Cirleudo Alencar (Seinfra), Rômulo Gandidier (Sefaz), Alysson Bestene (Segov) e os comandantes da PM, Cel. Paulo César Gomes, e dos Bombeiros Militar, Carlos Batista, prestigiaram a solenidade.

Os maquinários entregues

Os ramais em Sena Madureira terão o segundo maior maquinário entregue pelo Estado. Com obras de revitalização e ordens de serviços os investimentos do Estado chegam a quase R$ 11 milhões.

3- Pás-carregadeiras
1- escavadeira hidráulica
3- motos niveladoras
1- trator de esteira
3- caminhões basculantes
2 retroescavadeiras

Obras de revitalização

Escola Raimundo Magalhães -2º Distrito
Rádio Difusora Acreana
Quadra de Areia da Juventude -2º Distrito
Núcleo de Educação

Ordens de serviço

Comunidades Indígenas rio Yaco e Macauã

Licitação: novo terminal rodoviário e Instituto Médico Legal (em fase de conclusão do processo)

Reforma da Rádio Difusora

O que eles disseram

“O governador tem sido atacado, insultado, mas está respondendo com trabalho. O que está acontecendo aqui hoje, teve gente duvidando. Governador, o senhor está no caminho certo. Porque Sena Madureira não tem dono”.

Gherlen Diniz – deputado estadual

“Tudo o que o governador prometeu para Manoel Urbano, ele cumpriu. Mandou dinheiro para gente fazer ramais, e nós fizemos. Agora não dá pra entender porque aqui é essa briga toda. Prefeito querendo ser o dono da cidade. O dono é o povo”.

Tanizio Sá – prefeito de Manoel Urbano

“Eu nunca vi um governador ajudar tanto as prefeituras igual o Gladson faz. Tem cumprido tudo o que prometeu. Lá no Juruá, de onde eu sou, tem ajudado muito a atual gestão. Se eu fosse prefeito, buscava era parceria para ajudar a melhorar a vida do povo. Governador, seu trabalho nos honra”.

Nicolau Junior – presidente Aleac

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas