2 de julho de 2022   |   00:53  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Governador Gladson Cameli assina decreto que cria Conselho de Desenvolvimento Econômico do Acre

Diante de diversos empresários, o governador Gladson Cameli consolidou mais uma importante parceria entre governo do Estado e setor produtivo. Na noite de sexta-feira, 20, em Rio Branco, o gestor assinou o decreto que instituiu o Conselho de Desenvolvimento Econômico do Acre.

_________________Publicidade_________________

Na prática, o conselho contará com representantes do poder público e iniciativa privativa que, juntos, participação de debates e formulação de políticas públicas voltadas ao desenvolvimento socioeconômico sustentável, com o objetivo de fomentar a geração de emprego e renda.

Governador Gladson Cameli assinou o decreto de criação do Conselho de Desenvolvimento Econômico do Acre, na noite desta sexta-feira, 20. Foto: Diego Gurgel/Secom

A proposta visa, ainda, o estreitamento de relações entre o governo e entidades representativas dos mais diversos setores produtivos do estado. A intenção é discutir alternativas que sejam benéficas ao progresso do Acre.

A gestão de Gladson Cameli está focada na mudança do cenário econômico do estado. Tornar o Acre um lugar competitivo e com mais oportunidades tem sido prioridade para o governador, que destacou a criação do conselho como uma ferramenta transformadora.

“É uma necessidade que o Estado e as federações do setor produtivo estejam alinhados. Eles são os grandes conhecedores da nossa realidade e isso é fundamental para elaborarmos políticas pública que possam contribuir com o nosso desenvolvimento”, frisou.

Gestão de Cameli acredita na parceria com a iniciativa privada para impulsionar o desenvolvimento do Acre. Foto: Diego Gurgel/Secom

Segundo o secretário de Indústria, Ciência e Tecnologia, Assurbanípal Mesquita, a criação do conselho atende um antigo anseio do setor empresarial acreano de manter um canal de diálogo permanente e direto com o Estado.

“Por meio deste conselho, o governador atenderá não só as federações, mas, também, as associações comerciais do interior do estado. Neste primeiro momento, estaremos empenhados na elaboração de um plano de desenvolvimento baseado na geração de empregos”, esclareceu.

Rubenir Guerra, presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Acre (Federacre), enalteceu a iniciativa governamental. “Nossa federação, por exemplo, congrega 17 associações comerciais no Acre. Isso significa que teremos voz perante o governo do Estado e isso, com certeza, fortalecerá nossa economia”, disse.

José Adriano Ribeiro, presidente da Fieac, acredita que conselho será uma importante ferramenta de diálogo entre governo e setor produtivo. Foto: Diego Gurgel/Secom

O presidente da Federação das Indústrias do Acre, José Adriano Ribeiro, está confiante no sucesso desta parceria entre Estado e setor produtivo. “Por meio deste conselho, teremos essa conexão direta com o governo, onde poderemos debater tudo aquilo que interessa e é estratégico neste momento de recuperação da economia para o empresário”, pontuou.

O evento contou ainda com a participação do secretário da Casa Civil, Jonathan Donadoni; do secretário de Produção e Agronegócio, Edivan Maciel; do presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Acre, Assuero Veronez; do presidente da Federação do Comércio do Acre, Leandro Domingos; do superintendente do Sebrae no Acre, Marcos Lameira; do presidente da Federação das Indústrias de Goiás, Sérgio Mabel; e dos deputados estaduais José Bestene e Pedro Longo; entre outras autoridades.

AGÊNCIA ACRE

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS