Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Gladson trata com ministro da Educação sobre a construção do Hospital Universitário da UFAC

_________________Publicidade_________________

SECOM

O sonho da construção do Hospital Universitário da Universidade Federal do Acre está mais próximo da realidade. O governador Gladson Cameli esteve reunido na manhã desta terça-feira, 5,  com o ministro da Educação, Milton Ribeiro, acompanhado dos senadores Sérgio Petecão e Mailza Gomes, da reitora da UFAC, Margarida Cunha, do pró-reitor de Planejamento, Alexandre Ricardo e do representante do Acre em Brasília, Ricardo França.

Gladson Cameli frisou ao ministro a máxima importância da construção do H.U em Rio Branco Foto: David Casseb

A reunião com o ministro, agendada em Rio Branco semana passada, quando da visita de Milton Ribeiro à capital, teve como ponto principal definir as metas para que o projeto de construção do Hospital Universitário da Universidade Federal do Acre saia do papel o mais rápido possível.

Gladson Cameli frisou ao ministro a máxima importância da construção do H.U em Rio Branco, demonstrando que o grande contingente de estudantes que terá suas residências concluídas no próprio estado, não deixará suas bases e prestará serviços em todo o interior do Estado. “Dessa forma, estaremos desafogando o atendimento médico da capital, acabando o gargalo que existe no atendimento do interior. Hoje, um paciente que precisa ser retirado do estado para tratamento fora do domicílio, representa um gasto acentuado, já que só de distância para os grandes centros são mais de três horas de voo”, disse Cameli ao ministro.

A reitora da Universidade Federal do Acre, Margarida Cunha, enumerou alguns benefícios com a implantação do H.U em Rio Branco, salientando entre eles a capacidade de realizar ambulatorialmente mais de 245 mil consultas por ano; também poderão ser realizadas mais de 9 mil cirurgias por ano e internação de 280 pacientes em apartamentos e enfermarias e 40 em unidades de terapia intensiva.

Hemodiálise

Uma das grandes preocupações da medicina no estado, o tratamento de pacientes com hemodiálise, poderá ser feito em até 108 pacientes, permanentemente.

Com uma capacidade total de 320 leitos, o Hospital Universitário disponibilizará 210 leitos adultos (clínicos e cirúrgicos); 34 leitos pediátricos; 5 leitos em apartamentos PPP (pré-parto, parto e pós-parto); 16 leitos berços; 10 berços em unidade de cuidados intermediários; 20 leitos em unidade de terapia intensiva de adultos; 10 leitos de unidade de terapia intensiva pediátrica e 10 leitos de unidade de terapia intensiva neonatal.

O ministro Milton Ribeiro endossou seu apoio ao projeto, ressaltando sua importância para uma região tão carente como a Amazônica, especialmente o Acre.

Gladson Cameli finalizou a reunião agradecendo o apoio do ministro e enfatizou que vai buscar junto com toda a equipe técnica do governo, uma solução orçamentária dentro do setor da saúde, para que o edital de licitação para o início das obras, estimado em R$ 50 milhões, possa ser lançado.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas