Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Gladson é contra lockdown e vai consultar prefeitos e associações sobre recomendação do MPE de restrição de 14 dias

O governador Gladson Cameli se posicionou na tarde desta quinta-feira (1º), mais uma vez, contra um lockdown no Acre, entretanto ponderou, ao falar sobre a recomendação do Ministério Público Estadual que sugere ao governo endurecimento das medidas de restrições no estado por 14 dias seguidos para frear a contaminação por covid-19, que vai consultar os prefeitos das 22 cidades do Acre, as federações e associações que representam o comércio, para atender ou não o que recomenda o MP.

Cameli reforça que o momento é de decisão conjunta e as prefeituras precisam tomar para si suas responsabilidades diante da crise ocasionada pela pandemia.

“Preciso ouvir os prefeitos das cidades, as federações e as associações comerciais, que sabem, junto comigo, onde sapato está apertando. Depois de ouvi-los tomaremos de forma conjunta uma decisão sobre a recomendação do Ministério Público. Mas essa responsabilidade tem que ser dos prefeitos dos municípios, não só minha.”

Na recomendação, os membros do MP pedem que Gladson submeta ao Comitê Acre Sem Covid a adoção de medidas condizentes com a realidade vivenciada no Acre nos últimos meses, em que se registrou o agravamento da pandemia.

Gladson terá que responder em 48 horas se acata ou não a recomendação do Ministério Público.

Notícias da Hora

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas