Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Gladson diz que pesquisa deve ser visto com humildade: “O que é hoje pode não ser amanhã”

_________________Publicidade_________________

Em agenda em Cruzeiro do Sul nesta segunda-feira, 5, o governador Gladson Cameli  comentou a pesquisa da Data Control divulgada no último sábado, 3, que lhe garante a preferência do eleitorado para reeleição. Para ele, é necessário interpretar bem e olhar os números com humildade.

Cameli afirmou ser necessário manter o que já foi conquistado e melhorar ainda mais a performance. “O que é hoje, pode não ser mais amanhã. Se você não tiver humildade na interpretação, pode virar outra coisa. Mas esses números dobram a minha  responsabilidade“, avaliou com cautela.

Cameli acredita que o  lançamento de um pacote de obras e ações que vão gerar emprego e renda, vai melhorar ainda mais a imagem dele. Citou a duplicação da Rodovia AC-405 em Cruzeiro do Sul, que liga o município à Mâncio Lima,  passando pelo Balneário Igarapé Preto e ao Aeroporto Internacional Marmud Cameli.

O gestor elencou ainda como pontos positivos da gestão, a contratação de mais de 500 professores e 500 policiais, conclusão de obras inacabadas como o Pronto Socorro de Rio Branco, a UPA de Cruzeiro do Sul e o INTO. O  Pagamos promoções e  antecipação do décimo terceiro salário, além das ações de combate ao Covid-19.

Pesquisa

Segundo  a Pesquisa do Instituto Data Control, encomendada pela Federação das Indústrias do Acre Fieac, no cenário  estimulado, para eleição de governo do Estado,  o governador Gladson  Cameli aparece na liderança com 57,2%, contra 19,2% de Jorge Viana e  Sérgio Petecão (PSD) aparece na terceira colocação com 9,1%. O ex-presidente da Fieac, Francisco Salomão, tem  0,7%. Branco ou nulo registrou 7,1% e não souberam ou não responderam 6,7%.

No cenário espontâneo, Cameli aparece com 44,9%, seguido por Jorge com 8,6% e Petecão com 3,6%. Márcio Bittar aparece com 0,4%. Marcus Alexandre e Tião Bocalom declarou registraram 0,1, respectivamente. Branco ou nulo registrou 5,1%. Não responderam ou não souberam, 37,2%.

Com relação a avaliação da atual gestão do Estado, 67,6% dos entrevistados avaliaram o trabalho do governador Gladson Cameli como ótimo e boa, sendo 16,5% ótimo e 51,1% bom. 18,9% consideram irregular.

Os quesitos ruim e péssimo registraram 6,7% e 4,3%, respectivamente. 2,5% não souberam opinar.

A pesquisa foi realizada entre o dias 11 a 20 de junho onde foram ouvidas 1.203 pessoas nas cidades de Rio Branco, Cruzeiro do Sul, Sena Madureira, Tarauacá, Feijó e Brasiléia. A margem de erro da amostragem é de 2,9% para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%.

Por Sandra Assunção

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas