1 de julho de 2022   |   04:56  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Gladson Cameli se reúne com empresários em São Paulo para atrair novas indústrias ao Acre

_________________Publicidade_________________

O governador Gladson Cameli se encontrou com jovens empresários nessa sexta-feira, 22, em São Paulo, que pretendem instalar duas plantas industriais no Acre. A reunião aconteceu no escritório da Parket que fabrica tacos e pisos de alto nível. Na conversa que durou mais de duas horas, o CEO da empresa Douglas Oliveira revelou como pretende fazer a extração de madeira certificada e o seu processamento industrial. O empresário Bruno Sonda, da Alfama Foods, também participou da conversa e mostrou o interesse em montar uma indústria de processamento de proteínas no estado.

O governador, que estava acompanhado do secretário de Indústria, Ciência e Tecnologia (Seict), Assurbanipal Barbary, se comprometeu com os dois empresários a dar todos os incentivos estaduais para viabilizar a instalação das empresas. O projeto de produção das novas plantas industriais poderá gerar até 1.500 empregos aos acreanos num futuro próximo.

“O Acre está criando as condições para atrair novos investidores. Devido a nossa posição geográfica e as novas condições que criamos de infraestutura somados aos incentivos fiscais que o nosso governo oferece poderemos atrair novas empresas capazes de gerar emprego e renda à nossa população. Saímos dessa reunião otimistas por serem empresas com o foco de sustentabilidade que não nos trarão problemas e que querem investir no Acre. Assim poderemos promover o nosso desenvolvimento econômico respeitando as leis ambientais do nosso país”, afirmou Cameli.

sampa1Governador Gladson Cameli se encontrou com jovens empresários nesta sexta-feira, 23, em São Paulo, que pretendem instalar duas plantas industriais no Acre.  Foto: Hadassa Hid/Secom

O empresário Douglas Oliveira já vem estudando as condições do Acre para receber um braço da sua empresa há muito tempo. Ele faz questão de frisar que a Parket quer trabalhar só com madeira certificada dentro da legalidade.

“O governador Gladson tem agregado diversos valores que nos incentiva a montar a nossa empresa no Acre. Para quem trabalha no meu ramo o Acre é um lugar favorável. Eu acredito que com o apoio do governo poderemos gerar entre quinhentos e mil empregos diretos porque existe uma enorme demanda pelo nosso produto tanto no mercado brasileiro como no exterior. A nossa empresa, fundada pelo meu avô, tem 53 anos e nunca respondeu por nenhum crime ambiental”, salientou ele.

sampa2Acompanhado do titular da Seict, Assurbanipal Barbary, governador se comprometeu com os dois empresários a dar todos os incentivos estaduais para viabilizar a instalação das empresas.  Foto: Hadassa Hid/Secom.

Douglas explicou que a extração e a industrialização madeireira pode se agregar com a produção bovina do seu sócio Bruno Sonda e vir a gerar em torno de 1.500 empregos no estado.

“Vamos colocar gado no pasto e fazer o processamento da carne para os mercados internos e externos. Mas depois de instalados e com toda a nossa cadeia produtiva em funcionamento poderemos ampliar a produção o que significará a geração de mais empregos. Uma via depende da outra e para a gente ter um melhor aproveitamento da área que pretendemos adquirir no Acre”, profetizou o empresário.

O secretário Assurbanipal saiu otimista do encontro por entender que os dois empresários demonstraram entusiasmo com o potencial do estado para investirem.

“São jovens empresários visionários que têm uma concepção de realizar os seus negócios com sustentabilidade para agregar valores financeiros e sociais. Assim, a Seict se comprometeu a dar todo apoio para que essas duas plantas industriais realmente se instalem no Acre, gerando mais empregos e oportunidades aos acreanos, que é o objetivo do governador Gladson Cameli”, destacou Assurbanipal.

Com informações de Notícias do AC.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS