Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Gestor de Posto de Saúde da capital onde foi encontrado medicamentos vencido é afastado

_________________Publicidade_________________

 Foto: Arquivo/CRM-AC

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) divulgou uma nota de esclarecimentos em relação a fiscalização do Conselho Regional de Medicina do Acre (CRMAC) que denunciou ter descoberto na Unidade de Saúde da Família-USF, Agripina Lindoso, que fica localizada na Zona Rural da Capital-Vila Benfica, medicamentos vencidos, falta de coleta de lixo, ausência de farmacêutico e comprometimento de estrutura.

O caso mais grave, dos medicamentos vencidos, a Semsa informou que não compactua com este tipo de situação e por isso, o gestor da unidade será afastado ainda nesta sexta-feira, 14. Já em relação a coleta de lixo, a gestão declarou “que já foi aberto tanto um Procedimento Administrativo Disciplinar-PAD, internamente na própria SEMSA para apurar os fatos, bem como um Procedimento Administrativo de Apuração de Infração de Fornecedor-PAAIF, contra a empresa responsável pela coleta de lixo, sob pena de rescindimos o contrato, por quebra de cláusulas contratuais.

Uma outra denúncia do CRM foi em relação às condições estruturais da unidade da saúde. A prefeitura confirma a precariedade de estrutura física, mas afirma que ainda teve de reformar o local. “Lamentamos que já recebemos a unidade dessas condições da gestão passada, reiterando, que em apenas 1 ano de administração, é humanamente impossível podermos restaurar todas as 58 unidades do nosso Sistema de Atenção Básica, ao mesmo tempo, mas que, assim como outras USFs, que já estão passando por reformas, a unidade em questão está sim dentro do nosso cronograma de obras”, diz nota.

Por fim, quanto à suposta falta de existência de um profissional farmacêutico exclusivo para a unidade de saúde, o município explicou que há de fato um profissional contratado para essa finalidade e que deve comparecer à unidade ao menos uma vez por semana. Caso o comparecimento não venha acontecendo, a secretaria promete adotar sanções administrativas contra o profissional.

Por Leônidas Badaró

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas