14 de agosto de 2022   |   10:31  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Gás de cozinha vendido no Acre é o mais caro do Brasil

O preço máximo praticado atualmente é de 132,00 em Cruzeiro do Sul e 145,00 na capital.

_________________Publicidade_________________

O Sistema de Levantamento de Preços (SLP), realizou neste sábado (23), uma atualização nos preços do gás de cozinha nos postos de revenda tem o preço mínimo de 120,00, maior valor praticado atualmente no Brasil.

De acordo com os dados apresentados pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), por meio do Sistema de Levantamento de Preços (SLP) apresentaram dados dos valores praticados por revendedores da capital Rio Branco e da segunda maior cidade do estado, Cruzeiro do Sul. Ao todo foram pesquisadas 27 distribuidoras, sendo 23 de Rio Branco e 4 de Cruzeiro do Sul.

Os dados mostram que o preço médio praticado pelo município de Cruzeiro do Sul chega a 129,00 a botija de 13Kg e em Rio Branco o valor chega a 128,70. O preço máximo pesquisado foi de 132,00 em Cruzeiro do Sul e 145,00 na capital.

Dados da ANP/SLP

Mesmo com os novos valores praticados no ICMS sobre os combustíveis, o gás de cozinha continua com o preço muito alto.

Vale-gás será de R$ 120 a partir de agosto

A partir de agosto, as famílias inscritas no programa Auxílio Brasil vão receber mais ajuda para comprar o gás de cozinha. É que o valor foi reajustado de R$ 53 para R$ 120.

E, diferente de como aconteceu até agora, pago em meses alternados, esse auxílio vai chegar todo mês, até dezembro.

O valor do benefício é calculado pela média do preço nacional de referência do botijão de 13 quilos, de gás do tipo GLP.

Portanto, em agosto, os beneficiários vão receber R$ 720, sendo R$ 600 do Auxílio Brasil e mais R$ 120 do vale-gás.

Desde o início deste ano, mais de cinco milhões de pessoas já acumulam os dois benefícios. E tem gente que também poderia estar recebendo, mas ainda não providenciou a inscrição no programa.

O anúncio dos reajustes foi publicado nesta quarta-feira (20) em portaria, no Diário Oficial da União, assinada pelo ministro da Cidadania, Ronaldo Bento.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS