Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Forças de segurança acaba com reunião de organização criminosa e prende onze pessoas em Plácido de Castro

_________________Publicidade_________________

Ao final da tarde desta quinta-feira, 06, as Policias Civil, Militar e Federal, receberam informe de que numa casa localizada na rua João Sabino de Paula, Bairro Serraria, estaria ocorrendo uma reunião/aglomeração com cerca de trinta integrantes da uma organização criminosa.

Diante dos fatos, montou-se rapidamente uma força tarefa, composta pelas Polícias Civil, Militar e Federal (Delegacia de Plácido de Castro, Delegacia de Acrelândia, Delegacia de Capixaba, Polícia Militar de Plácido de Castro, Polícia Militar de Acrelândia e agentes da Polícia Federal)
Durante à aproximação ao alvo da operação, que envolveu cerca de 40 (quarenta) agentes de segurança pública, os policiais foram recebidos a tiros pelo autores.

Após uma breve troca de tiros, alguns criminosos acabaram fugindo pela mata e pelo Rio Abunã, e o restante do grupo se rendeu.

No curso da ação, constatou-se que de fato havia uma aglomeração na pequena residência, contrariando assim as normas sanitárias impostas pelas diretrizes de contenção da COVID.
Além disso, após buscas no local, os policiais encontraram 01 (um) espingarda cal.20, 01 (uma) e espingarda cal.36, 07 munições cal. 28, 04 munições cal. 36, 08munições cal. 20 e 02munições cal. 28.

Ao término da ação, 11 (onze) pessoas foram conduzidas à delegacia por infringirem determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa.

Além disso, M.S, de 23 anos, já investigada na Delegacia de Plácido pelo crime de tráfico de drogas, e A.N.P.S, de 21 anos de idade, foram presos em flagrante delito pelo crime de posse ilegal de arma de fogo.

A Polícia Civil agora irá instaurar inquérito para dar continuidade às investigações.

Ascom/Polícia Civil

Juruá Online

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas