Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Flaviano lamenta morte de Eva Wilma: “Ela foi mestre de cerimônia na inauguração do Teatrão”

_________________Publicidade_________________

O deputado federal Flaviano Melo (MDB) lamentou na noite deste sábado (15) a morte de Eva Wilma aos 87 anos, no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, vítima de um câncer no ovário que, disseminado, levou a uma insuficiência respiratória

Flaviano Melo destaca que em 1990, Eva Wilma e seu marido Carlos Zara foram os mestres de cerimônia da inauguração do Teatro Plácido de Castro, o primeiro grande teatro do Acre que foi construído na época em que ele foi governador do Estado.

“Eva Wilma foi uma das grandes incentivadoras da cultura no Brasil. Na época da inauguração do Teatro Plácido de Castro, ela veio ao Acre sem cobrar nada para participar da inauguração deste que ainda é o maior teatro do Estado”, diz Flaviano.

A artista estava internada desde o dia 15 de abril, inicialmente para tratar problemas cardíacos e renais. O câncer foi descoberto no último dia 7 de maio. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da artista.

“Hoje perdemos uma atriz que inspirou gerações. Ela também deixou seu nome marcado na cultura acreana quando não só aceitou o convite para vir inaugurar nosso teatro, mas o fez sem cobrar cachê, como forma de incentivo ao teatro no Acre”, destaca Flaviano Melo.

flaviano2
FLAVINO3

Via-Notícias da Hora

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas