Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Flamengo dobra público, aprova logística e planeja semifinal da Libertadores em Brasília

_________________Publicidade_________________

O segundo jogo com público do Flamengo na Libertadores teve sua operação aprovada internamente. Com mais tempo para vender ingressos, o clube viu, contra o Olímpia, o número de pagantes mais que dobrar em relação ao duelo com o Defensa y Justiça e conseguiu ajustar eventuais problemas logísticos da primeira partida.

Devido ao bom retorno em Brasília, e sem perspectiva de mudança no atual cenário no Rio de Janeiro, com aumento de casos de Covid-19, a diretoria planeja manter no Mané Garrincha o duelo da semifinal da Libertadores, em setembro.

Mané Garrincha, Flamengo x Olimpia — Foto: Paula Reis / CRF

Mané Garrincha, Flamengo x Olimpia — Foto: Paula Reis / CRF

Se contra o Defensa houve 5.518 pagantes, na vitória sobre o Olimpia o borderô apontou 11.211 pagantes no Mané Garrincha. Apesar do maior número de pessoas no estádio, a operação funcionou sem maiores problemas. Houve poucas filas para entrar, com muitos guichês disponíveis. O maior movimento ocorreu para trocar ingressos num horário mais próximo do jogo.

Dentro do Mané Garrincha, a torcida ficou espalhada. Houve um principio de confusão entre torcedores no intervalo da partida, mas a ação da polícia, com uso de gás de pimenta, dispersou as pessoas.

Entrada de torcedores no Mané Garrincha ocorreu sem problemas — Foto: Fred Huber

Entrada de torcedores no Mané Garrincha ocorreu sem problemas — Foto: Fred Huber

Público pagante e renda dos jogos do Flamengo na Libertadores

JogoEstádioPúblico paganteRenda
Flamengo 4 x 1 DefensaMané Garrincha (Brasília)5.518R$ 984.440,00
Flamengo 5 x 1 OlimpiaMané Garrincha (Brasília)11.211R$ 2.107.090,00
Maior movimentação ocorreu na troca de ingressos em horário próximo do início da partida — Foto: Fred Huber

Maior movimentação ocorreu na troca de ingressos em horário próximo do início da partida — Foto: Fred Huberh

Cenário no Rio sem perspectiva

O Flamengo ainda não sabe quando poderá jogar com público no Rio de Janeiro. Na última semana, a Prefeitura voltou atrás na liberação de 10% no Maracanã devido ao aumento de casos de Covid no município, com avanço da variante delta.

– Diante desse cenário agora, não tem. Nada será autorizado. Enquanto estiver esse cenário, a gente não vai atualizar nada – afirmou o prefeito do Rio, Eduardo Paes, na última semana.

Os gols de Flamengo 5 x 1 Olimpia, pelas quartas de final da Libertadores

Caso o cenário não mude até setembro, quando ocorrem as semifinais da Libertadores, a maior probabilidade é de que o duelo aconteça novamente em Brasília.

Mesmo com a liberação anterior do Rio,  as condições não agradaram à diretoria do Flamengo, que definiu o Mané Garrincha contra o Olímpia antes mesmo de a Prefeitura carioca voltar atrás na decisão.

Nesta quinta-feira, será definido o adversário do Flamengo na semifinal. Barcelona de Guayaquil e Fluminense se enfrentam no Equador, após empate em 2 a 2 no Rio. Caso avance o time equatoriano, o Flamengo fará o jogo de ida em casa, no dia 22 de setembro. A volta está marcada para o dia 29.

Via-G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas