Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

FEM cria projeto ‘Abraço Cultural’ e percorre cinco cidades no Juruá

Apresentações começam no dia 17 e seguem até 30 de agosto. Ideia é retomar atividades culturais no estado.

_________________Publicidade_________________

A Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM) se prepara para percorrer cinco municípios acreanos em um projeto que recebeu o nome de “Abraço Cultural”. As ações fazem parte da retomada de eventos artísticos que estavam suspensos devido à pandemia do coronavírus no estado.

A partir do dia 17 de agosto, uma caravana montada pela equipe da FEM vai até às cidades do interior para organizar apresentações teatrais, musicais, contações de histórias, entre outras atividades.

As apresentações começam por Rodrigues Alves, em seguida Mâncio Lima, Cruzeiro do Sul, Feijó e finaliza na cidade de Tarauacá no final de agosto. Todas as apresentações já estão preestabelecidas pelo comitê de cultura, que destaca que também uma forma de conhecer a cultura específica de cada cidade.

“É uma caravana, mas não é a gente que leva as atividades porque são os artistas desses municípios que vão se apresentar. Vai ter música, dança cinema e filmes de produções 100% acreanas”, destaca o chefe de Departamento de Apoio às Artes, Matheus Gomes.

Artistas de cada cidade devem se apresentar  — Foto: Divulgação/FEM

Artistas de cada cidade devem se apresentar — Foto: Divulgação/FEM

As exibições e apresentações serão feitas em teatros e ginásios cobertos. Além disso, uma equipe vai ficar responsável para que todas as medidas de segurança sanitária sejam seguidas – como uso de máscara e álcool em gel e limite de público.

“Para nós é um sonho que víamos ainda muito distante. Com o advento da pandemia, o artista foi o primeiro a parar e nosso medo é que fosse o último a voltar, agora com o avanço das vacinas, inclusive de adolescentes, a gente vislumbra dias melhores para nossos artistas. Inclusive, a gente colocou o nome do projeto como ‘abraço cultural’ justamente nessa ideia de abraçar, porque com a pandemia perdemos o abraçar de maneira física, mas podemos ainda levar esse sentimento através da cultura para as pessoas e nossas expectativas são as melhores possíveis”, finaliza.

Apresentações envolvem artistas de cada cidade por onde comitê de cultura vai passar  — Foto: Divulgação/FEM

Apresentações envolvem artistas de cada cidade por onde comitê de cultura vai passar — Foto: Divulgação/FEM

Via-G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas