Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Feiras fortalecem empreendedorismo e economia solidária em Cruzeiro do Sul

A feira que foi montada no centro cultural, mais conhecido como ‘Coreto’, contou com a venda de comidas típicas, artesanato e com apresentações culturais.

_________________Publicidade_________________

O projeto resgatando a identidade cultural do Vale do Juruá, com o apoio da Prefeitura de Cruzeiro do Sul, realizou nesta sexta-feira, 29, e no sábado, 30, as feiras da economia solidária e do empreendedor, no centro cultural de Cruzeiro do Sul.

A feira que foi montada no centro cultural, mais conhecido como ‘Coreto’, contou com a venda de comidas típicas, artesanato e com apresentações culturais. Segundo os organizadores, a feira tem como principal objetivo, incentivar e fortalecer a classe trabalhadora, fomentando também o comércio e valorizando os costumes locais.

A secretária de turismo Gleiciane Cruz pontuou que essa é uma oportunidade de venda: “Ficamos muito felizes em chegar aqui e ver esse espaço que é tão agradável para a realização da nossa feira. Com a flexibilização da pandemia, esse é o momento dos nossos empreendedores estarem melhorando sua renda, por isso, a prefeitura apoiou essa iniciativa,” disse ela.

O produtor cultural Charles André destacou o objetivo da feira e a parceria: “O objeto principal desse projeto é a retomada das atividades culturais, porque a nossa classe artística foi a primeira que parou nessa pandemia e está sendo a última que está voltando aos poucos. Então, eu fiz o projeto e apresentei para o Governo do Estado, por meio da Lei Aldir Blanc, para ajudar os artistas, juntamos os esforços da prefeitura ao projeto e fizemos as feiras da economia solidária e do empreendedor”, disse ele.

Jeferson Araújo, que trabalha há 7 anos com artesanato, contou que fica feliz com a oportunidade. “Nós ficamos muito felizes com essa iniciativa que vem para ajudar os artesãos e empreendedores, sempre participamos e os resultados são muito positivos”, frisou ele.

A empreendedora e vendedora de bolos Dricka Rayanne relatou que esse é um ótimo momento para retomada das vendas. “Durante a pandemia tivemos que nos reinventar e agora, com esse espaço, podemos alcançar novos públicos para ampliar as vendas”.

O vice prefeito Henrique Afonso, que esteve visitando a feira na segunda noite, endossou sobre a importância do fortalecimento do comércio local: “Esse é um espaço para que os empreendedores possam está firmando novas parcerias e a prefeitura está sempre a disposição para ajudar”, destacou Henrique.

O prefeito Zequinha Lima, enfatizou sobre a importância da feira. “A feira é um incentivo necessário neste momento, onde muitos precisam se reerguer depois dos efeitos econômicos causados pela pandemia, e podem sempre contar com o nosso apoio”, finalizou o prefeito.

Assessoria

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas