Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Ex-juiz Sergio Moro pede para Telegram apagar conta que disparava conteúdo pornográfico

_________________Publicidade_________________

O ex-juiz federal e ex-ministro da Justiça  Sergio Moro disse, nesta quarta-feira (3), que solicitou à plataforma Telegram o controle da conta de um perfil falso que tinha as iniciais dele e estava vinculado a conteúdos pornográficos.

Segundo a assessoria do ex-juiz, após Moro entrar em contato com a plataforma para obter acesso à conta, o canal foi apagado.

Moro fez uma postagem no Twitter, no início da madrugada, com o endereço da conta que afirmou ter solicitado. A assessoria dele disse que a publicação é parte do processo e da política do Telegram para reivindicar um usuário de rede.

Em seguida, a postagem sobre o assunto foi apagada da conta do ex-juiz.

De acordo com o Telegram, os nomes de usuário utilizados na plataforma são distribuídos por ordem de chegada. A empresa destacou que caso o nome desejado já esteja em uso por outra pessoa, é possível fazer a requisição.

Para isso, é necessário ter o mesmo nome de usuário em pelo menos dois desses serviços: Twitter, Instagram e Facebook. Ainda conforme o Telegram, para solicitar um registro que já esteja em uso, é necessário entrar em contato com mensagem para @username_bot.

Via-G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas