Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

EUA prendem homem que usou verba de auxílio a empresas na pandemia para comprar um Lamborghini, uma Ferrari e um Bentley

_________________Publicidade_________________

Mustafa Qadiri, de 38 anos, da Califórnia, entrou com pedidos com informações falsas para receber verbas do governo. Se ele for declarado culpado pela Justiça, pode ser condenado a até 302 anos de prisão.

O Ministério Público do estado da Califórnia, nos Estados Unidos, entrou com um pedido de processo na Justiça contra Mustafa Qadiri, de 38 anos, que recebeu mais de US$ 5 milhões que ele tinha recebido do governo do país para auxílio durante a pandemia para comprar um carro da Lamborghini e outros veículos de luxo. Qadiri foi preso na sexta-feira (7).

Montagem mostra fotos de carros apreendidos pela Promotoria dos EUA — Foto: Divulgação/Promotoria dos EUA

Montagem mostra fotos de carros apreendidos pela Promotoria dos EUA — Foto: Divulgação/Promotoria dos EUA

Ele foi indiciado na Justiça com quatro acusações diferentes de fraudes, roubo de indentidade e lavagem de dinheiro.

Qadiri recebeu verbas do governo entre maio e junho de 2020. Ele usou o dinheiro para comprar um carro da Ferrari, um da Lamborghini e um da Bentley. Além disso, gastou com viagens.

Ele pediu dinheiro de auxílio durante a pandemia em três bancos. Os valores seriam usados em quatro empresas na Califórnia —na verdade, nenhuma delas era de fato uma empresa operante.

Os dados que ele usou para conseguir o dinheiro eram falsos. Ele ainda usou nomes diferentes, dados de cadastro de terceiros e falsificou assinaturas. Alguns dos carros já foram tomados pela Justiça. Se Qadiri for considerado culpado, ele pode ser condenado a até 302 anos de prisão.

Houve outros casos de pessoas que desviaram dinheiro que deveria ser usado como auxílio para empresas durante a pandemia. Já houve três casos de pessoas que receberam verbas e compraram Lamborghinis.

G1 MUNDO

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas