Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Estudantes de medicina de Cruzeiro do Sul denunciam irregularidades em faculdade particular

_________________Publicidade_________________

Estudantes da universidade particular de medicina, a ITPAC de Cruzeiro do Sul, fizeram um protesto na manhã desta quinta-feira, 28, em frente a instituição de ensino por melhores condições de estudo, professores qualificados e aplicação correta da metodologia de ensino. O valor da mensalidade é de R$ 7,5 mil.

Os alunos denunciam irregularidades como a não aplicação da metodologia proposta, que é a ativa, sendo utilizada a autoaprendizagem com o aluno estudando sozinho, carência de professores médicos com qualificação, laboratórios com defasagem de materiais anatômicas e direção escolar não resolutiva.

O curso começou em março deste ano com 90 alunos. Uma das alunas da ITPAC, Valéria Gaspar, relata uma situação ainda mais grave que aconteceu com ela e outros 19 alunos. Segundo Valéria, todos foram inscritos já no segundo período do curso.

“Eles colocaram 20 alunos para tapar buraco de 20 que foram embora. Os alunos só souberam que estavam no segundo período depois que pagaram matrícula. Os estudantes foram inscritos pela instituição já segundo período, não criando turma de primeiro período para os ingressantes e também não irão oferecer 3º período no segundo semestre do ano que vem. 20 alunos terão que parar e continuar só em 2023. Eu estou prejudicada porque falaram que eu poderia seguir com a primeira turma e não posso. Vou ter que parar o ano que vem porque eles não ofereceram terceiro período”, conta ela citando que cerca de 70% dos estudantes são de outros Estados e querem ir embora por causa da deficiência da instituição de ensino superior.

Procurada pelo ac24horas para falar sobre o assunto, a coordenadora do Curso de Medicina da ITPAC, médica infectologista, Suiane Negreiros, disse ao que iria “conversar com a diretora”, mas não fez novo contato.

Via-Ac 24 horas

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas