Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Estado realiza testes de Covid-19 em indígenas de comunidades isoladas

_________________Publicidade_________________

Os testes de Covid-19 que foram realizados no estado no último dia 30, foi uma parceria entre a Fundação Hospital do Acre (Fundhacre), o Centro de Infectologia Charles Mérieux, o Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei) e a Universidade Federal do Acre (Ufac). Em média, 60 indígenas passaram poro atendimento com testes de Covid-19.

“Podemos considerar essa ação uma operação de guerra. Nosso principal objetivo foi atender a população menos favorecida, são comunidades e aldeias que se encontram em pontos remotos do estado”, destaca o gerente geral do Centro de Infectologia Charles Mérieux, Daniel Archimedes Matta.

Ainda de acordo com o gerente geral, o intuito foi assegurar que, se houvesse um único caso positivo de Covid-19, todos os indígenas que estavam no grupo iriam ficar em quarentena, condição em que seriam reportados para Vigilância Sanitária. Felizmente, todos testaram negativo, com um resultado 100% indetectável.

Em média 60 indígenas tiveram o atendimento de testes contra a Covid-19. Foto: Cedida

“Nossa próxima etapa em conjunto com o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) será voltada para o diagnóstico de hepatite-D e tuberculose, iremos continuar promovendo essa importante ação aos povos indígenas de comunidades isoladas, porém com outros testes, o nosso objetivo é levar a saúde pública a toda a população”, observou Daniel Archimedes.

Para a coordenadora administrativa do Centro de Infectologia Charles Mérieux, Aglanair Maria Ferreira, a ação foi um ato de prevenção para que não houvesse surto da covid-19 nas tribos. “A nossa intenção por meio desta ação foi resguardar a todos os indígenas que faziam parte das tribos, pois sabemos da importância dos cuidados para não proliferar os vírus”, disse.

Poe SECOM

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas